fbpx

A boa continuação de Truque de Mestre chega aos cinemas

Truque de Mestre, o filme de 2013, foi um sucesso que a maioria não esperava. Fez mais de 350 milhões de dólares em todo o mundo. Isso demonstra como o mundo dos mágicos continua a fascinar as pessoas. Não sou uma delas. Pode me chamar de chata, mas me sinto muito idiota observando alguém fazer um truque que eu sei que tem algo por trás. De qualquer maneira, voltando a Truque de Mestre, o filme era muito bem feito, mas para mim tinha um problema grave. Aquele final no carrossel não explicava, nem convencia. Mais ou menos como um truque de mágico. Mas com o grande sucesso que alcançou, era natural que logo viesse uma sequência. Hoje, estreia nos cinemas Truque de Mestre: O Segundo Ato, que traz a maior parte do elenco de volta para uma nova aventura.

Jesse Eisenberg, Woody Harrelson e Dave Franco são mais uma vez os cavaleiros, mas Isla Fisher teve que ficar de fora por causa de uma gravidez na vida real. Em seu lugar entrou Lizzy Caplan (de Masters of Sex), que “segura a onda” de maneira admirável. Um ano depois dos acontecimentos do primeiro filme, o quarteto ressurge para uma performance que pretende desmascarar um milionário da indústria de tecnologia. Só que as coisas não saem como era esperado, e eles acabam nas mãos de Walter Mabry, que quer que os cavaleiros usem suas habilidades para roubar algo que ele deseja muito. Mas é claro que os mágicos ainda têm algumas cartas na manga.

O filme funciona bem na introdução de Lizzy Caplan e diverte ao fazer de Walter um personagem aspirante a vilão de James Bond. É claro que Daniel Radcliffe se divertiu muito interpretando-o. Mas o ponto que destoa é a criação do irmão gêmeo e mal do personagem de Woody Harrelson.  Vamos combinar que isso é mais batido do que final de novela americana né? De qualquer maneira, Truque de Mestre: O Segundo Ato tem as presenças dignas dos veteranos Morgan Freeman e Michael Caine, e ainda Mark Ruffalo, que é sempre um ator competente. Ou seja, se você assistiu e gostou do primeiro, terá aqui uma sequência honesta e divertida, no mesmo nível. E a gente tem que lembrar que são poucos os casos em que isso acontece no cinema nesses tempos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *