fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Adeus, Roger Moore!

É sempre difícil falar da morte de um ator que foi muito presente em sua infância. É o meu caso com a notícia sobre o falecimento de Sir Roger Moore, aos 89 anos, vítima de câncer. 007 – o espião que me amava, estrelado por ele, foi o primeiro filme de James Bond que vi nos cinemas. Achei simplesmente o máximo. Ele não foi o melhor Bond, longe disso, mas tinha essa figura simpática que conseguia injetar um charme e um certo humor em tudo o que fazia. O cinema perde um lorde, e um pouco de sua classe, sem Roger Moore.

Nascido na Inglaterra, Roger chegou aos Estados Unidos em 1953, e logo conseguiu um papel de destaque em A última Vez que Vi Paris, ao lado da maior estrela da época, Elizabeth Taylor. Mas foi na TV, que teve seus maiores sucessos nesse tempo pré-Bond, com séries como O Santo e Persuaders, co-estrelado por Tony Curtis. Mas é claro que foi ao fazer o maior agente secreto da história, que ele ficou conhecido no mundo inteiro. Então como uma pequena homenagem, sugiro uma maratona, com as sete aventuras dele como Bond. A maioria envelheceu com o tempo, mas o charme e a ironia elegante de Roger continuam extremamente atuais.

Resultado de imagem para roger moore as the saint

Com 007 viva e deixe morrer foi o primeiro filme em 1973. Era uma grande responsabilidade já que o Bond anterior, George Lazemby, havia sido um fracasso completo. Mas com a música-tema de Paul McCartney, a Bond girl Jane Seymour e o Vilão Yaphet Kotto, o filme foi um enorme sucesso. Pronto: Começava aí uma nova era!

Resultado de imagem para 007 live and let die

Em 1974, veio 007 contra o homem da Pistola de Ouro, com Britt Ekland e Christopher Lee. Só que este acabou naõ dando muito certo. Se tornou um dos menos rentáveis de toda a história do agente. Isso inclusive acabou atrasando a produção do filme seguinte, 007 – O Espião que me amava.

Resultado de imagem para 007 the man with the golden gun
007 – O Espião que me Amava só chegou em 1977. Mas valeu a espera. Até hoje é considerado um dos melhores da franquia, e era também o favorito de próprio Roger Moore. Teve também um vilão inesquecível, Richard Kiel, como Jaws, que inclusive voltaria no filme seguinte, 007 contra o Foguete da Morte.
Resultado de imagem para 007 the spy who loved me
 Lançado em 1979, este inclusive tinha cenas até no Brasil, além de uma viagem ao espaço. A Bond girl da vez era Lois Chiles, talvez a mais bonita de todas elas. Foi também a última aparição de Bernard Lee, como M, pois o ator morreu um pouco antes do início das filmagens do filme seguinte, 007 – Somente para os seus Olhos.
Resultado de imagem para 007 moonraker

Somente para os Seus Olhos de 1981, tinha um tom um pouco mais sério. Mas o mais curioso é que uma das Bond girls era Cassandra Harris, que na época apresentou seu marido para o produtor Albert Broccoli. O nome dele era Pierce Brosnan, e o resto é história.

Resultado de imagem para 007 for youreyes only
Mas Roger Moore ainda teria mais dois filmes como Bond antes de Pierce assumir. O primeiro deles veio em 1983: 007 contra Octopussy. Quando foi lançado, teve uma concorrência direta com 007 – Nunca Mais Outra vez, com Sean Connery, obrigado a voltar devido a uma obrigação contratual.  Octopussy acabou sendo mais bem-sucedido na bilheteria.
Resultado de imagem para 007 octopussy

O último filme de Roger como Bond foi 007: Na Mira dos Assassinos, em 1985. Aos 57 anos, ele se tornou o ator mais velho a encarnar Bond. Mas era claro que não dava mais, especialmente nas cenas de amor com Tanya Roberts, que na época ainda não tinha nem 30 anos. É também o filme que o ator menos gostava.

Resultado de imagem para 007 a view to a kill
 Obrigada, Sir Roger Moore!
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Mais uma grande perda para o cinema. O ator Ray Liotta, de 67 anos, morreu enquanto dormia. Ray estava na República Dominicana rodando um...

Streaming

Como sempre, saio à procura de filmes não muito badalados que estão disponíveis no streaming. Outra noite me deparei com Estranho, Mas Verdade, que...

Streaming

Vincent Cassel e Berenice Bejo estão arrasando no red carpet do Festival de Cannes 2022 promovendo suas novas produções. Mas hoje (25) está estreando...

Séries

O tempo passa e coisas que a gente espera que nunca mais voltem a acontecer, acontecem. Lembro bem de um episódio de Buffy –...

Cinema

Eu adoro ver que Rita Moreno, do alto de seus 90 anos, continua com grande energia para o trabalho. Ela fez uma participação fantástica...

Você também pode gostar de ler

Gossip

Em Algum Lugar do Passado é um daqueles romances de cinema que todo mundo ama. Atire a primeira pedra quem nunca se emocionou com...

Séries

Eu cresci vendo séries de TV. Literalmente, elas me formaram. E com isso, personagens maravilhosas tiveram uma grande influência – e continuam a ter...

Séries

Parece que foi ontem, mas hoje (16) faz 20 anos que Smallville estreou na TV americana. Contava a história da juventude de Clark Kent...

Cinema

Quem é cinéfilo na cidade de São Paulo com certeza conhece o Noitão do Petra Belas Artes. Já virou uma tradição na cidade. Normalmente...

Cinema

Cinderela estreou nessa sexta na Amazon Prime, após ser adquirido da Sony. Foi mais um dos casos de filmes que tiveram seu trajeto mudado...

Cinema

Eu amo a história de Cinderela. Desde o desenho dos anos 50, até a maravilhosa versão que tem Lily James como estrela. Isso sem...

Gossip

Certas histórias são inacreditáveis. Toda grande imprensa especializada em Hollywood noticiou a morte da atriz Tanya Roberts. Inclusive as principais e confiáveis fontes,  The...

Cinema

Sempre falo aqui sobre a volta do sucesso das comédia românticas. Isso se deve muito às produções da Netflix que ficaram super populares. É...