fbpx

Birdman [e o que emocionou, o que cansou e o que divertiu na noite do Oscar]

23 de fevereiro de 2015

Ao contrário do que se esperava, não houve divisão entre Birdman e Boyhood. O primeiro levou os prêmios importantes (filme, diretor, roteiro) e o segundo terminou só com o esperado de melhor atriz coadjuvante para Patricia Arquette. Pouco para o filme que era até algumas semanas atrás o franco favorito. Acho queé  até injusto. Não