fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Streaming

Os prós e contras de O Livro do Amor

Quem me conhece sabe que amo comédias românticas. Das mais bobinhas até as mais inteligentes. Sempre busco o gênero nos streamings. Então fiquei feliz quando o Telecine me mandou o filme O Livro do Amor para avaliar. O filme está na Sessão Superestreia do Premium deste sábado (12/03), às 22h. Também está disponível no app do Telecine. Mas, apesar de momentos fofos, o filme tem vários problemas.

Sam Claflin é Henry Copper, um escritor que está com seu livro encalhado nas livrarias inglesas.  Mas ele descobre com surpresa que  no México ele é um sucesso de vendas. Assim sua editora o manda para o país para uma turnê. Lá ele conhece Maria (Verónica Echegui), a tradutora da obra. Mas, logo ele percebe que há algo errado nessa história. Isso porque Maria reescreveu toda a história de forma bem mais apimentada.

O que achei de O Livro do Amor?

Sam Claflin encarna o Hugh Grant dos anos 90 de forma bem charmosa. Ele é o inglês sem muito jeito, mas que, para quem conhece o ator, sabe que é bem charmoso. Desde o  começo, fica claro que  O Livro do Amor tem boas intenções e tem momentos bem graciosos. É interessante também o fato de ser uma produção bilíngue, com diálogos em inglês e espanhol.

O roteiro tem os clichés esperados do gênero. Tem o casal completamente diferente, o ex-marido que reaparece para atrapalhar, a família fofa. Isso sem contar o final da declaração de amor na frente de todo o mundo. E claro, as situações inesperadas, a dificuldade de se adaptar a culturas diferentes. E também como sempre, há os detalhes inesperados e improváveis. Mas isso não é o problema de O Livro do Amor. O real problema é a total falta de química de Sam Claflin e Verónica Echegui ( da série Trust, do Star Plus). Fica claro desde o início que Henry e Maria vão se apaixonar. Só que em momento algum você acredita nesse amor/paixão. Separados, os dois funcionam. Especialmente nas cenas que envolvem o garotinho Diego. Há uma em especial, entre Henry e Diego quando os dois tentam se comunicar sem saber a língua um do outro. É fofo e bonitinho.

O problema é que o princípio básico de uma comédia romântica é o amor dos dois personagens. E no caso de O Livro de Amor, é muito difícil acreditar nisso.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Já falei aqui anteriormente sobre a excelente qualidade das séries da Apple TV Plus. Não só da mais conhecida, The Morning Show, mas também...

Streaming

Uma semaninha bem fraca entre os novos lançamentos do streaming. Acho que é a preparação para Obi Wan Kenobi e Stranger Things que chegam...

Cinema

Filmes sobre histórias que envolvem cachorro são naturalmente emocionantes. Especial para quem, como eu, é apaixonada por eles. Dificilmente no fim eu não acabo...

Streaming

A gente tem que admirar o Chris Hemsworth. Não só pelas razões óbvias já que ele é lindooooo. Mas também porque parece ser boa...

Cinema

Alguns devem se lembrar da série Duro na Queda (The Fall Guy). Ela durou de 1981 a 1986. Mostrava Lee Majors como um dublê,...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Eu sei que tem muita gente que não gosta de filmes de terror. Mas eu não poderia deixar de passar em branco um sexta-feira...

Streaming

Vários filmes com atores isolados foram feitos durante a pandemia.  Malcom e Marie, com Zendaya (disponível na Netflix) foi um deles, entre tantos. E...

Streaming

Há algumas coisas que a gente não entende no Oscar. Na categoria melhor canção, por exemplo, os votantes colocaram entre os finalistas a canção...

Streaming

Essa semana, foi anunciado que Atração Fatal vai virar série. O filme é um clássico do anos 80, com Michael Douglas e Glenn Close...

Streaming

Desde o primeiro momento que vi Hailee Steinfeld na tela em Bravura Indômita, virei fã. O filme, que lhe deu uma indicação ao Oscar...

Streaming

Em meio a tanto drama que a gente vê na vida real, é sempre bom desligar vendo uma comédia, ou um filme de ação....

Streaming

A carreira de Oliver Jackson-Cohen está numa curva ascendente. Depois das séries de terror da Netflix, A Maldição da Residência Hill e A Maldição...

Cinema

Em 2014, eu coloquei o filme francês A Familia Bélier entre os meus Top 5 do ano. É um filme que mexe com as...