fbpx

O Grande Milagre vai fazer você rir e chorar!

Na minha busca por filmes fofos para tirar a cabeça das terríveis notícias diárias, me deparei com O Grande Milagre. Confesso que não conhecia, não tinha ouvido falar dele. É uma produção de 2012 que conta um história real. Sobre como todo mundo se uniu para salvar  três baleias presas no gelo. Também não conhecia a história verdadeira, que é emocionante. Dificilmente você não vai dar uma choradinha disso. Eu fiz isso.

O Grande Milagre está disponível na Netflix. Tudo se passa em 1989 no Alasca. Uma família de baleias fica presa sob o gelo do Ártico. O repórter Adam Carlson não se conforma com a situação. Disposto a mudar essa realidade, ele começa uma verdadeira batalha ao lado de sua ex, Rachel Kramer, ativista do Greenpeace.  Eles fazem de tudo para salvar os animais da espécie baleia-cinzenta. Juntos,  conseguem mobilizar pessoas de variados grupos, como os nativos da região, funcionários de empresas petrolíferas. E até americanos e russos, históricos inimigos durante o período da presidência de Ronald Reagan.

A crítica

Ele é baseado em um livro de Thomas Rose chamado Freeing the Whales. Como um dos personagens lembra, todo mundo adora baleias. Então é impossível não se envolver, e principalmente, não torcer que tudo dê certo para as baleias. A história acompanha todo o tempo daquela que é , num primeiro momento, um luta solitária. Mas acaba envolvendo  pessoas que defendem os mais diferentes tipos de pensamentos, e se unem por um objetivo único. Nos tempo em que vivemos, é como uma lufada de ar fresco.

O elenco é ótimo e super conhecido. Nos papéis principais estão Drew Barrymore (com um cabelo horroroso) e John Krasinski. Com suas caras de boa gente, eles conquistam você de primeira. Mas o filme tem muito mais gente famosa. Tem Ted Danson, como um magnata do petróleo, um casting bem divertido já que ele é um ecologista super atuante. E ainda, Kristen Bell,  a Veronica Mars, como uma repórter, que viria a ser colega de elenco  de Ted anos depois em The Good Place. Sem esquecer Dermot Mulroney, Tim Blake Nelson e Kathy Bates.

O filme tem momentos divertidos, mas também outros emocionantes. Em alguns momentos me lembrou Winter , o Golfinho, pela luta para salvar lindos animais marinhos. Ao final, vemos cenas dos  protagonistas verdadeiros da história. A surpresa é no final ver uma repórter que ficaria famosa anos depois.  É a candidata à vice-presidência do Estados Unidos, Sarah Palin.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *