fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Kate Beckinsale vive seu dia de Atômica com Jolt: Fúria Fatal

Acompanho a carreira de Kate Beckinsale faz tempo. Desde  Muito Barulho por Nada, sua estreia, e que eu adoro. Ele está disponível na Apple TV para aluguel ou compra. Desde então ela ganhou status de estrela com a série Anjos da Noite, e com os filmes Van Helsing e Escrito nas Estrelas. Recentemente, ela fez a série Widow (disponível na Amazon), que eu ainda tenho que assistir. E agora, também na Amazon Prime Video, estreou o filme de ação Jolt: Fúria Fatal. 

Lindy (Kate Beckinsale) é uma mulher bonita e irônica que tem um segredo. Ela tem um raro distúrbio neurológico. Por causa disso, tem impulsos assassinos esporádicos. Estes só podem ser interrompidos quando se choca com um eletrodo especial, que ela carrega sempre consigo. Um dia, Lindy finalmente confia em um homem por tempo suficiente para se apaixonar. Só que o encontra morto no dia seguinte. Com o coração partido e enfurecido, ela embarca em uma missão cheia de vingança para encontrar o assassino. Enquanto isso, também é perseguida pela polícia como principal suspeita do crime.

A crítica

É impossível não lembrar de Atômica, com Charlize Theron enquanto assiste Jolt. Isso porque as semelhanças são várias. Começa pela personagem sem medo de briga e de socos –  sem contar o cabelo igual. Além disso, as cores vibrantes da fotografia, assim como a cenografia detalhista, e o figurino, tudo lembra Atômica. Mas, é claro, a história vai por caminhos diferentes. Tem um pé na comédia, especialmente com a ironia constante que Kate Beckinsale imprime à personagem principal. Mas, ela cansa um pouco com suas caras intensas e biquinhos. Rsrs!

As cenas de luta são boas. E o filme tem ainda as participações divertidas de Bobby Cannavale e Laverne Cox. Stanley Tucci, como um psiquiatra atípico é sempre uma delícia de ver. E, claro, tem Jai Courtney, que logo de início já entrega os caminhos do roteiro. Nunca vou entender como esse ator ainda consegue tantos papéis. Rsrs. O filme ainda tem uma surpresa no final com a aparição surpresa. Não vou entrar em detalhes, mas deixa claro que vem uma sequência por aí. No final, Jolt: Fúria Fatal é um daqueles filmes que você já viu igual várias vezes. Mas ainda dá pra divertir e distrair durante 1h30.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Streaming

Faz tempo que ouço falar sobre Abe. O filme, dirigido por Fernando Grostein , se passa em Nova York. E tem Noah Schnapp ,...

Cinema

A produção de O Último Duelo, que estreou nessa semana nos cinemas, é maravilhosa. Isso sempre é um destaque na filmografia de Ridley Scott....

Cinema

Em 2018, o filme Halloween deu um “refresh” na franquia de mais de 40 anos. Quebrou vários recordes, e fez muito dinheiro. Já deixou...

Cinema

Ridley Scott é quase sempre referência quando se fala em um espetáculo grandioso. Já foi indicado quatro vezes ao Oscar, uma delas por Gladiador....

Cinema

O feriado de Nossa Senhora de Aparecida me parece um bom dia para escrever a crítica do filme de Nossa Senhora de Fátima. Fátima:...

Streaming

Quem me conhece, sabe que acho Jeffrey Dean Morgan o máximo! É um dos meus Top 3. Eu o conheci – como muita gente...

Cinema

Lembro que quando Venom  estreou em 2018, todo mundo esperava pelo pior. Mas o filme tinha um bom ritmo, e ainda os diálogos divertidos...

Streaming

Comédia romântica é um de meus gêneros preferidos. Sempre busco alguma perdida no streaming. E, por várias vezes, passei por Te quiero, Imbecil na...