fbpx

Fuja, com Sarah Paulson, é pura tensão!

Em 2018, um dos melhores filmes que vi (ficou em segundo no meu Top 10) foi Buscando. Era algo muito diferente, com suspense visto só através de telas (disponível no Telecine). Era o filme de uma brilhante estreia do diretor Aneesh Chaganty. Agora o segundo trabalho do diretor chegou na Netflix nessa sexta (2), Fuja, estrelado por Sarah Paulson. E vale a pena!

Chloe (Kiera Allen),  é uma adolescente que está confinada a uma cadeira de rodas. Ela tem vários problemas de saúde, tem que tomar uma série de remédios, e é educada em casa por sua mãe, Diane (Sarah Paulson). No entanto, o comportamento estranho apresentado por esta última começa a deixar a jovem desconfiada. Especialmente quando descobre uns medicamentos estranhos em nome da mãe. A partir daí, a jovem começa a desconfiar de tudo o que Diane faz. E que algo muito mais sinistro está por trás de tudo.

A crítica

O diretor sabe muito bem construiu um suspense. E, assim como em Buscando, a audiência vai descobrindo o desenrolar da trama junto com o personagem principal em Fuja. Há várias sequências extremamente bem contruídas. Há uma, em especial, que envolve uma fuga pela janela, que é realmente especial. É como se fosse uma montanha-russa de situações aterradoras. Em diversos momentos lembra Louca Obsessão, outras Carrie, a Estranha. Há ainda uma influência clara de Hitchcock.

 

A gente já está acostumada com os personagens à beira de uma explosão que Sarah Paulson faz como ninguém. Aqui não é diferente. Mas Sarah não é a atriz principal. E sim a estreante em longa-metragens, Kiera Allen, que faz Chloe. A jovem enfrenta as cenas com Sarah de igual para igual. E ainda, tem várias delas, que segura sozinha toda a história . Tem vários momentos impressionantes, especialmente na já mencionada cena da fuga pela janela. É ainda mais incrível que Kiera é uma cadeirante na vida real. Uma grande descoberta de Fuja. Vale conhecer!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *