fbpx

Filmes do My French Film Festival estão de graça no Belas Artes a la Carte

Gosta de filmes franceses? O Belas Artes a La Carte  vai disponibilizar 29 filmes do país  entre  15 de janeiro a 15 de fevereiro de 2021. E totalmente gratuito. Serão 29 longas e curtas-metragens, bem como obras de realidade virtual, legendadas em 10 idiomas e disponíveis em todo o mundo.  A seleção de 2021 do My french Film Festival é a 11ª, e gira em torno de temáticas representativas da diversidade e da vitalidade do cinema francês.

Há vários destaques. Forever Young, caminhos de iniciação na juventude e a transição da adolescência para a idade adulta. Crazy Loving Families com notas de humor, ternura e situações familiares complicadas. True Heroines: Através de retratos impressionantes, explosivos e singulares, esta seção celebra figuras de mulheres e meninas, únicas mestras de seus próprios destinos. French Ghost Stories oferece uma coletânea de várias histórias de fantasmas “à la française”. On the Road evoca as migrações de mulheres e homens para o cinema, fugindo de conflitos internacionais.

Veja abaixo a programação completa:

ADOLESCENTES (Adolescentes)

2019 | 2 h 15 min

Sinopse: Emma e Anaïs são inseparáveis e, no entanto, tudo as opõe. Adolescentes segue o percurso delas desde os 13 anos até à maioridade. Cinco anos de vida onde chocam-se transformações radicais e primeiras experiências. Aos 18 anos de ambas, pode-se perguntar que tipo de mulheres se tornarão e como evoluirá a amizade das duas.

ENORME (Énorme)

2020 | 1h 41min

Sinopse: Isso acontece de repente aos 40 anos: Frédéric quer um bebê, mas Claire nunca quis e eles estavam de acordo quanto a isso. Ele comete o imperdoável e faz um filho com outra. Claire fica enorme e Frédéric torna-se frouxo. A protagonista é Marina Foïs, cinco vezes indicada ao prêmio César.

FELICIDADE (Felicità)

2019 | 1h 22min

Sinopse: Para Tim e Chloé, a felicidade está no dia a dia sem compromissos. Mas um dia o verão acaba. A filha deles, Tommy, entra no colégio e nesse ano ela promete não perder esse grande acontecimento. Isso foi antes que Chloé desaparecesse, que Tim roubasse um carro e que um cosmonauta aparecesse na história. “Felicità” venceu o prêmio de Melhor Filme no Mons International Festival of Love Films, na Bélgica, um festival que, como o nome sugere, é dedicado ao cinema romântico, com ênfase em filmes de amor.

CRIANÇAS (Just Kids)

2019 | 1h 44min

Sinopse: Jack, com 19 anos, Lisa, com 17 anos, e Mathis, com 10 anos, tornam-se brutalmente órfãos. Cada um reage à sua maneira ao desastre familiar. Lisa se afasta e Jack, há pouco tempo maior de idade, fica com a guarda de Mathis. Uma nova vida começa. Mas como alguém pode ser responsável por uma criança, quando mal saiu da adolescência? E como construir um futuro, quando o passado se torna uma obsessão perigosa? A força e a energia da juventude podem fazer milagres…

CAMILLE (Camille)

2019 | 1h 30min

Sinopse: Uma jovem fotojornalista apaixonada pelo seu ideal, Camille vai à República Centro-Africana para cobrir uma guerra civil prestes a acontecer. Muito rapidamente, ela se apaixona pelo país e pela sua juventude envolvida na turbulência. De agora em diante, ela viverá o seu destino nesse país. Baseado numa história real.

KUESSIPAN (Kuessipan)

2020 | 1h 57min

Sinopse: No seu primeiro longa-metragem naturalista, a diretora dirige atores não profissionais da comunidade innu e dá voz a uma juventude nascida no cativeiro que começa a questionar a sua liberdade. Duas meninas que cresceram como melhores amigas em uma comunidade Innu, no Canadá, prometem ficar juntas de qualquer jeito. Mas a amizade entre as garotas indígenas é abalada quando uma delas se apaixona por um garoto branco.

DONAS DE ALEGRIA (Filles de joie)

2019 | 1h 30min

Sinopse: Donas de alegria conta três histórias de mulheres durante um verão escaldante entre o norte da França e a Bélgica. Axelle, Conso e Dominique nada têm em comum a não ser que são colegas e que, todos os dias, juntas, cruzam a fronteira para praticar seu ofício de profissionais do sexo.

PRATA VIVA (Vif-argent)

2019 | 1 h46min

Sinopse: Juste perambula por Paris em busca de pessoas que só ele pode ver. Ele recolhe a última lembrança delas antes de levá-las para o outro mundo. Um dia, uma jovem, Agathe, o reconhece. Ela está viva, ele é um fantasma. Como poderão eles se amar e aproveitar essa segunda oportunidade?

ORFEU (Orfeu)

1950 | 1h35 min

Sinopse: Orfeu é a transposição de Jean Cocteau do famoso mito para o mundo moderno. Poeta reconhecido de Saint-Germain-des-Prés, Orfeu é enfeitiçado por uma princesa enigmática que nada mais é do que a Morte. Por ela, ele abandona a sua mulher, Eurídice. Mas a Princesa, percebendo a impossibilidade desse amor, devolve Orfeu à Eurídice. No papel-título deste grande clássico, está Jean Marais, ator fetiche do diretor Jean Cocteau, presente em várias  de suas obras

A VIDA DOS MORTOS (La vie des morts)

1990 | 52 min |

Sinopse: A história do filme gira em torno de uma grande família. Traumatizada por mortes trágicas, ela se reúne para esperar notícias sobre um de seus primos que está no hospital após uma tentativa de suicídio.

HERÓIS NUNCA MORREM (Les héros ne meurent jamais)

2019 | 1h 25min

Sinopse: Uma road trip na rota dos Bálcãs, entre fantasia e realismo,  apresenta Adèle Haenel ao lado de Jonathan Couzinié em uma busca de verdade e de identidade. Indicado ao prêmio Caméra d’Or no Festival de Cannes, este é o primeiro longa dirigido por Aude Léa Rapin

JOSEP (Josep)

2020 | 1h 14min

Sinopse: Fevereiro de 1939. Diante da enxurrada de republicanos fugindo da ditadura de Franco, o governo francês decide colocá-los em campos. Dois homens separados por arame farpado se tornarão amigos. Um é policial, o outro é desenhista. De Barcelona a Nova York, a verdadeira história de Josep Bartolí, combatente anti-Franco e artista excepcional. Foi  oMelhor Filme (Prêmio do Público) no Festival de Atenas, e participou da seleção Novos Diretores na Mostra Internacional de Cinema de SP 2020.

SENHORA (Madame)

2019 l 93min

Sinopse: Avó e neto trocam confidências em um diálogo íntimo que explora gênero, sexualidade e transmissão de identidade.

CURTAS

O Festival tem ainda vários curtas disponíveis:

Intervalo (Entracte)

Um adeus (Un adieu)

Belezas (Beauty Boys)

Família nuclear (Famille nucléaire)

O Mundo de Dalia (Le Monde de Dalia)

Sole Mio (Sole Mio)

Menina azuis, Pálido de Medo (Filles bleues, peur blanche)

Silêncio (Motus)

Lugares Vazios (Empty Places)

Cães (Clebs)

Friend of a Friend

Miss Chazelles

Um Lince na Cidade (Un lynx dans la ville)

Maestro

o28

O Show do Maternal (Le Spectacle de maternelle)

Mais informações: https://www.myfrenchfilmfestival.com/pt/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *