fbpx

Uma opinião diversa sobre The White Lotus, da HBO Max

Eu estava bem entusiasmada para ver The White Lotus. Normalmente assisti essas séries da HBO no canal, com um episódio pro semana. Mas dessa vez acabou não dando. Cheguei a ler algumas chamadas de matérias da crítica americana. Todas elogiavam. Por tudo isso, e também por causa do elenco, fui assistir a série já completa na HBO Max.

A série acompanha uma semana de férias dos hóspedes do resort The White Lotus no Havaí. Estão lá uma família, com a amiga da filha. E ainda um casal em lua de mel, e uma mulher solitária. Apesar do lugar ser paradisíaco, em cada dia de viagem surge uma nova questão. E esta acaba envolvendo os viajantes, os funcionários do hotel e até o próprio local. E vai terminar até em uma morte. 

A crítica

Aliás , a série já começa entregando que há uma morte. A gente não sabe quem é , e nem se foi um assassinato, e nesse caso, quem matou. A partir daí, a série volta uma semana e se alterna entre comédia e drama, tudo num cenário paradisíaco. A trilha é ótima, e o elenco idem. Tem muita gente boa. Connie Britton, Alexandra Daddario, Jennifer Coolidge, Jake Lacy, Steve Zahn, e outros. O melhor deles, em minha opinião, acaba sendo Murray Bartlett como o gente do hotel, Armond.

Então, por que para mim foi tão difícil chegar ao fim dos seis episódios? A série tem um tom extremamente irônico, que chega a incomodar. É sarcástica e extremamente ácida. É óbvio que quem escreveu o roteiro – o criador Mike White – despreza esses personagens. São todos insuportáveis, neuróticos, insatisfeitos. E a história chega a causar irritação. Tem um toque de injustiça social, mas o ponto principal é que é todo mundo chato mesmo.

Mas, essa é a minha opinião. Parece que todo o resto do mundo amou, rsrs. Tanto que uma segunda temporada já foi aprovada. Como é uma série de antologia, o elenco da segunda temporada será totalmente diferente. Quem sabe me conquista?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *