fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Séries

Para rir com essa Amizade Dolorida!

O streaming permite que as séries tenham um conteúdo que provavelmente nunca poderíamos ver em canais normais. Com a possível exceção da HBO, rs. É o caso de Amizade Dolorida (adorei o título, rs),  que faz comédia com sadomasoquismo. Tem duas temporadas disponíveis na Netflix. Meu amigo José Augusto Paulo assistiu, e adorou.

Amizade Dolorida

Fazer humor com tópicos relativos a sadomasoquismo têm suas facilidades, mas também seus riscos. Nós realmente não sabemos o que excita a maioria da população. Ou mesmo os nossos vizinhos (talvez um ou outro pelos sons que escutamos, rs). Mas balancear isso com uns insights mais sérios sobre temas como poder, dominação, dor e capacidade de amar, requer saber refinar bem os dois lados. Especialmente para que um não faça o outro irrelevante. Eu acho que Amizade Dolorida faz isso muito bem.

A série da Netflix, que lancou os episódios de sua segunda temporada no final de Janeiro, aparecia por vezes nas minhas listas de sugestões. Assisti o trailer uma vez e achei um pouco bobo. Mas, um dia busquei mais informações. E me dei conta de que os episodios eram curtos, então decidi tentar… Acabei assistindo a todos em três dias… e isso porque assisto poucas horas por dia.

A história

Os principais protagonistas são Tiff (Zoe Levin, de O Verão da Minha Vida), estudante de psicologia e dominatrix nas horas vagas, que é amiga desde o tempo de escola de Pete (Brendan Scannell – Heathers). Ele é  um garcom que tenta ser comediante, mas tem incertezas. Por um desses atalhos da vida, Pete se torna o assistente da dominatrix. Ela tem como colega de curso Doug. Este é feito pelo competente Micah Stock, que faz o namorado quase equilibrado que todos gostariam de ter. Já o caminho de Pete se cruza com o do sempre bem vestido e penteado Josh (Theo Stockman, muito mais atraente de barba e óculos). Outros personagens adicionam humor e também seriedade a uma série facil de assistir, mas que nos faz pensar. Pequenos monólogos aqui e ali nos questionam. Também nos fazem comparar a nossa situacao e a de cada personagem. O sexo é discreto e a série fica somente mais explícita na segunda temporada.

O director faz bom uso de close-ups e planos americanos, com algumas sombras. É como algo que se queira esconder. A producão esbanja cores escuras, algum neon, e uma masmorra bem mais limpa e ordenada do que a que aparece em Pose. A fotografia consegue driblar os ambientes escuros. Tem também uns ângulos diferentes do esperado, com uma textura suave, fresca, sem marcas ou traços. O assunto chega a ser risqué. Mas em momento algum a série fica vulgar e nem os personagens infames. Boa diversão para quem busca algo mais alternativo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Cinema

Os filmes de Thor sempre estiveram entre os meus favoritos da Marvel. Sim, mesmo aqueles que ninguém gostou. Talvez seja por causa de Chris...

Streaming

O povo americano tem o seu dia da independência como uma das datas mais celebradas do ano. É quando soltam fogos, se reúnem para...

Streaming

O gênero da comédia romântica tem uma linguagem universal. Mas, é claro, que foi Hollywood que criou o esqueleto principal dessas histórias que envolvem...

Gossip

Ricky Martin sempre me passou a imagem de um cara gente boa, esforçado e bem-humorado. Cheguei a vê-lo na Broadway fazendo Che Guevara numa...

Streaming

No sábado, a internet em casa ficou meio capenga então resolvi dar uma olhadinha em dois filmes da Amazon Prime que eu tinha baixado...

Você também pode gostar de ler

Streaming

A lista da Netflix para esse mês de julho está bem boa. Tem um monte de coisas, mas eu separei aqueles 10 filmes e...

Streaming

Quando li a sinopse de Toscana, que está na Netflix, logo me lembrei de Um Bom Ano. Pra quem nunca viu, o filme traz...

Streaming

A minha dica especial da semana de cinema é O Peso do Talento, com Nicolas Cage, que está estreando nessa quinta. Surpresa: um filme...

Streaming

Adam Sandler foi um dos primeiros atores a fechar contrato com a Netflix. Desde então fez várias comédias por lá, como o megassucesso Mistério...

Streaming

Todo mundo adora Omar Sy, certo? Ele é ótimo, e seus filmes são sempre interessantes. Então quando li que ele tinha se juntado com...

Streaming

Quando 365 dias estreou, logo no início da pandemia, foi um enorme sucesso. Vinha naquele caminho de soft porn, que de vez em quando...

Streaming

Lembro uma época em que o diretor Jim Jarmusch era “o cara” do momento. Foi nos anos 80, quando fez Estranhos no Paraíso e...

Streaming

Feriado de Páscoa batendo na porta, e em alguns lugares, o frio também. Então, para quem vai ficar em casa nesse feriado prolongado, aqui...