fbpx

Guillermo Del Toro traz Caçadores de Trolls à Netflix e acerta de novo!

 data-srcset

Hoje (23), provavelmente a maioria vai entrar na Netflix para ver o especial de Natal de Sense8. Mas o serviço está lançando também uma outra série que vale a pena conhecer, e essa pode ser vista em família (rs). É Caçadores de Trolls, uma série de animação de 26 episódios, baseada em um livro de autoria de Guillermo Del Toro. Sim, ele mesmo, o diretor de filmes como Hellboy e O Labirinto do Fauno. Del Toro também é o produtor. Eu tive a oportunidade de conversar com o diretor sobre o filme na ComicCon de Nova York, onde os primeiros dois episódios foram apresentados em primeira mão para a plateia presente no painel.

Na ocasião, ele explicou que ele vinha tentando fazer a série há cerca de 10 anos, já que os livros são baseados em suas aventuras pelos esgotos da sua cidade natal, coisa que ele deixa bem claro que não recomenda que as crianças façam! Rs! “A série é sobre dois adolescentes, sendo que um deles se parece de maneira muito suspeita comigo quando era criança. Nós começamos uma mitologia com eles que chega até a época do rei Arthur. Criamos um mundo e personagens que, com certeza, as crianças vão gostar de explorar.”

gdt-nycc

Quando o adolescente Jim Lake Jr. encontra um amuleto místico em seu caminho para a escola uma certa manhã, ele sem querer acaba descobrindo uma extraordinária civilização secreta de poderosos trolls sob a pequena cidade de Arcadia. Determinado e procurando por aventuras, mas completamente despreparado para as responsabilidades que recairão sobre ele, Jim é forçado a usar o “manto sublime do Caçador de Trolls”, jurando proteger os bons trolls de inimigos poderosos que buscam vingança. Primeiro humano a ter esta honra, Jim vai da luta diária no caos da escola para se juntar a uma guerra que dura séculos, um conflito que agora ameaça toda a humanidade e os trolls. Acompanhado por seus melhores amigos humanos e alguns aliados trolls, o corajoso garoto de quinze anos deverá  mergulhar de cabeça em um mundo fantástico com criaturas impressionantes, cidades gloriosas e inimigos ferozes desesperados para destruí-lo – logo após a aula de ginástica.

Os dois primeiros episódios são muito bons. Falam a linguagem de meninos, mas não afastam os adultos. Tem aventura, é divertido e em alguns momentos até assustador. Tem ainda um atrativo extra, que são os astros que fazem a dublagem dos personagens. Ron Perlman é o vilão Bular, Kelsey Grammer é o bonzinho Blinky, e Steve Yeun, que na época levou à loucura  a audiência que ainda esperava para saber qual seria o destino de Glenn em The Walking Dead. O próprio Steven declarou que ficou muito feliz de ser chamado para dublar uma pessoa tão diferente dele, o valentão Steve, alto, louro e de olhos azuis. E o que será que os fãs de The Walking Dead vão achar de Caçadores de Trolls? “De um jeito meio estranho, The Walking Dead está se tornando um programa para a família, mesmo que tecnicamente não devesse ser. Provavelmente porque fala  de ideias  e coisas que envolvem a todos. E essa série não fala com as crianças porque não foi feita para crianças. Só que as crianças estão mais espertas hoje em dia. E o que é incrível sobre Caçadores de Trolls, é que parte do mesmo princípio. Ela não fala com as crianças. Então todo mundo vai poder assistir. “

trollhuntersnycc

Outro ponto marcante da dublagem é que Jim, o personagem principal foi o último trabalho de Anton Yelchin, que morreu este ano num acidente absurdo, imprensado no muro pelo seu próprio carro. Ele tinha recém-acabado de dublar todas as suas falas, quando faleceu. Tanto na entrevista quanto no painel, Guillermo o homenageou e fez questão de ressaltar sua admiração pelo jovem ator. Sua voz de menino, sempre tão doce, é uma bela lembrança de quanto ele sempre foi bom.

Assim como em Festa no Céu, o longa de animação que Del Toro produziu e que ganhou vários prêmios,  trata o universo infantil com cuidado, sem parecer bobinho. Como disse Steven Yeun, fala para todos os públicos. E isso faz a diferença!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *