fbpx

Finalmente, hoje (18) tem a estreia de Legends of Tomorrow. Mas…

Eu estava bem entusiasmada quando foi anunciada a criação de Legends of Tomorrow. Afinal, sou admiradora do trabalho que a DC vem fazendo em TV (para compensar a falta, até agora, de um trabalho melhor no cinema), com Arrow, The Flash e Supergirl (isso sem contar Smallville, para mim a melhor de todas). Gostei muito de Brandon Routh como Ray Palmer em sua participação em  Arrow. E ainda tem um ótimo ator, Victor Garber, como uma das lendas. Só que quando vi o primeiro episódio, que estreou nos Estados Unidos no mês passado, fiquei meio desapontada. Ele finalmente chegará esta semana no Warner Channel aqui no Brasil, hoje, dia 18, às 21.40 horas, sem intervalos comerciais.

A ideia da série começou como um ambicioso projeto a partir do crossover das séries The Flash e Arrow – também exibidas pelo canal. Ela reúne uma quantidade inédita de heróis da DC Comics na TV, que inclui Átomo (Brandon Routh), Canário Branco (Caity Lotz), Gavião Negro e Mulher-Gavião (Falk Hentschel e Ciara Reneé), Nuclear (Victor Garber e Franz Drameh), e a dupla Onda Térmica e Capitão Frio (Dominic Purcell e Wentworth Miller, repetindo a dobradinha de sucesso de Prison Break). Todos eles acabam reunidos sob o comando do viajante do tempo Rip Hunter (Arthur Darvill, de Doctor Who) para eliminar o vilão imortal Vandal Savage (Casper Crump).

A escolha de Arthur Darvill para o papel de Rip Hunter não foi à toa. O primeiro episódio pelo menos tem muito de Doctor Who, com uma pitada de Vingadores. Mas se isso pode parecer incrível, aqui não foi. O roteiro é confuso, grande parte dos atores é bem ruim (Ciara Renee é a pior) e teve pouca presença do mais interessante deles, Brandon Routh.

Claro, os efeitos são razoáveis, Oliver Queen (Stephen Amell) e Katie Cassidy (Laurel Lance) fazem participações especiais – será que sou só eu que acho que estes dois tem uma química incrível, bem mais do que Olicity? –  e obviamente algumas citações especiais para os fãs, como aqueles que voltam da morte e até sobre Star Wars. Eu sinceramente espero que a partir dos episódios seguintes as coisas melhorem, mas pelas críticas americanas que tenho lido, não é o caso. Pena!

Mas dê uma olhadinha no trailer. É muito bom!

Existem 1 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *