fbpx

Enfim, a volta de Arrow à Warner

Assim como no cinema, os super-heróis exercem um especial fascínio no público de séries. Desde os anos 50, passando por um renascimento nos anos 2000 com o grande sucesso de Smallville, as séries com estes super personagens vem tendo vida longa e grande sucesso. Arrow foi o primeiro desta fase pós-Smallville a estrear. E já foi renovada para uma quinta temporada. Só que a Warner só vai começar a exibir a quarta temporada a partir de hoje, dia 16, às 22.30h.

É difícil entender essa estratégia de programação. Arrow, The Flash, Legends of Tomorrow e, numa escala menor, Supergirl (o que vai mudar agora com a mudança da série para o canal CW nos EUA), fazem parte do mesmo universo. Com isso, os atores fazem participações nas séries uns dos outros. Só que quando a Warner optou por deixar Arrow para ser exibido posteriormente, depois que as outras já terminaram a temporada, criou um “buraco” para aqueles que acompanham as séries da DC Comics pelo canal. Esse tipo de atitude, infelizmente, só leva os fãs a procurarem os “métodos alternativos”, onde podem ver as séries conforme  devem ser, com a mesma lógica e produção temporal.

Por isso (meio SPOILER), o fato de um importante personagem que morreu em Arrow, mas “reapareceu” em The Flash, fica incompreensível para a audiência do Warner Channel. É pena, pois o trabalho da DC de criar seu universo na TV é excelente, com todas as histórias interligadas de seus heróis. Enquanto a Marvel “arrebenta” no cinema, na TV a DC reina.

De qualquer maneira, para aqueles que acompanham a série somente pela Warner, esta quarta temporada, teve um pouco de tudo. O início tranquilo com Oliver e Felicity deu aos fãs de Olicity momentos de enorme felicidade que eles esperavam há muito tempo. Mas Arrow não é Supergirl, e seu lado dark está sempre presente. Então, não demorou muito para os problemas começarem, não só para o casal como também para os demais personagens da série. O vilão da vez é Damien Darhk (Neal McDonough), líder de um grupo de assassinos chamado de Fantasmas, e que será o responsável (SPOILER) de um personagem querido (e meu preferido, na verdade). Já no início ficamos sabendo que alguém iria morrer por causa de uma cena de Oliver no cemitério, mas tinha de ser essa pessoa??? Para mim, esse fato quase no final da temporada, fez com que eu perdesse um pouco do interesse pelo que vem por aí.

De qualquer maneira, mesmo com uma falta de unanimidade com relação a esta temporada, a série ainda tem a maior audiência do canal CW nos EUA. Ou seja, ainda há muita história para contar.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *