fbpx

Chegou o momento da última temporada de True Blood

 data-srcset

Hoje, dia 22, às 22 horas, a HBO vai exibir a sétima e última temporada de True Blood. Sou grande fã da série e também dos livros de Charlaine Harris. Li todos os 13 (sim, 13!) que foram publicados. Só que eles têm pouco em comum, é quase como seguir duas histórias diferentes com os mesmos personagens. Espero sinceramente que a série não dê à heroína Sookie Stackhouse o mesmo fim dos livros, que foi tão desprezado pelos fãs.

Como fã de Sookie (Anna Paquin) e Bill (Stephen Moyer), torço por um final com ambos juntos. Mas as coisas parecem um pouco complicadas para o casal. Depois que Bill se tornou uma entidade (e um pouco vilão também), a sexta temporada terminou com o vampiro voltando ao seu normal sensível e apaixonado. Ele aparentemente está determinado a conquistar Sookie novamente. Só que agora ela está vivendo uma vida quase normal com o lobisomem Alcide (o sempre interessante Joe Manganiello). O problema é que no final do último episódio, a pacata (mas nem tanto) cidade de Bom Temps estava sendo invadida por vampiros que consumiram um sangue infectado e viraram uma espécie de híbridos de zumbis. Rs, essa série é o máximo!!

A proposta para esta temporada é uma volta às raízes. Ou seja, sem grandes conglomerados e uma quantidade enorme de personagens. Deverá se restringir à cidade e aos vampiros, humanos e lobisomens que já conhecemos se unindo para salvar uns aos outros. Também está prevista a volta de um dos personagens mais populares da série, o vampiro Eric (Alexander Skargaard). Em que forma não se sabe, já que vimos Eric ser queimado pelo sol depois de um rápido nu frontal que provocou um tumulto na internet.

Após o anúncio esta semana que True Blood deverá virar um musical na Broadway (!), o certo é que quando o décimo episódio, que irá ao ar em 27 de agosto, terminar, os fãs como eu vão custar a acreditar que não torceremos mais por Bill e Sookie (ou Sookie e Eric, dependendo do gosto), nem vamos mais rir com as trapalhadas de Jason (Ryan Kwanten) ou com as tiradas de Laffayette (Nelsan Ellis). Mas que foi uma jornada diferente e deliciosa, ah, isso foi!

 style
 style

Existem 1 comentários

  1. O fim de True Blood veio no momento certo, Sookie Stackhouse passou de cama em cama em cada época e história em torno deste trio perdido, então eu acho que é melhor para acabar com a série porque o sexto foi interessante e os vampiros de ataque é muito atraente para fechar um show como True Blood

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *