fbpx

A volta de Heroes, sem a cheerleader…

Nunca fui fã da séries Heroes. Lembro-me que, como fã de séries de ficção, tentei acompanhar os primeiros episódios, mas ela nunca me conquistou realmente. Para quem não se lembra, Heroes começou em 2006, com grande sucesso, depois foi decaindo até ser cancelada após a quarta temporada. Mostrava pessoas aparentemente normais que descobrem que tem super-poderes,  numa linha similar aos X-Men. Agora, cinco anos depois, uma sequência foi aprovada e começará a ser exibida hoje (23) na TV aqui no Brasil. Heroes Reborn estreia na TNT, a partir das 20 horas, com dois episódios seguidos sem intervalos comerciais.

Se você acompanhava a série original, com certeza vai se lembrar da chamada “Salve a cheerleader, salve o mundo!”, com referência ao personagem principal, Claire Bennett. Vivida pela atriz Hayden Pannetiere, Claire não estará presente na  nova série. Terá sido dada como morta, talvez porque a atriz esteja comprometida com o mundo country em sua própria série, Nashville. Mas Heroes Reborn terá o retorno de figuras emblemáticas da história original em seus 13 episódios, incluindo Noah Bennet (Jack Coleman), Hiro Nakamura (Masi Oka), Matt Parkman (Greg Grunberg) e Mohinder Suresh (Sendhil Ramamurthy). Pena que Zachary Quinto e Ali Larter também alegaram problemas de agenda para participar.

A trama começa um ano depois de um grande ataque terrorista destruir a cidade de Odessa, Texas. O governo culpa os heróis com superpoderes pelo ocorrido, e eles devem viver escondidos de todos, especialmente dos irmãos Lucas (Zachary Levi,  num papel dramático bem diferente de Chuck) e Joanne (Judith Shekoni), assassinos violentos que procuram vingança após uma grande perda durante o acontecimento.

Ao tentarem permanecer escondidos, porém, muitas pessoas acabam descobrindo seus poderes. Entre eles está o adolescente solitário Tommy (Robbie Kay,  de Once Upon a Time), que só quer ser normal e conquistar o coração da garota de seus sonhos, Emily (Gatlin Verde), mas isso se torna impossível depois que experimenta o medo gerado por suas novas habilidades. Já Noah Bennet também está vivendo na clandestinidade, mas é encontrado pelo teórico da conspiração Quentin Frady (Henry Zebrowski), que tenta lhe mostrar a verdade por trás da tragédia que ocorreu em Odessa.

O criador, Tim Kring declarou que “quando tivemos que encerrar a série, em 2010, jamais imaginaríamos que ela voltaria. Mas os criadores não deixaram de sonhar e de escrever novas histórias”. A ação  acontece numa época posterior à quarta e última temporada de Heroes e há a promessa, para a alegria dos fãs, que  algumas situações pendentes serão resolvidas. Tomara que resolvam logo pois a audiência e as primeiras reações dos fãs não foram muito positivas nos Estados Unidos…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *