fbpx

O resultado do Oscar do cinema independente

É claro que todo o mundo já esperava. Assim como no Oscar a expectativa é do domínio de La La Land: Cantando Estações, no Independent Spirit Awards todos sabiam que Moonlight: Sob a Luz do Luar iria levar boa parte dos  prêmios. Já que para concorrer ao Spirit, o filme tem que ter custado menos de 20 milhões de dólares, várias produções como La La Land, Estrelas Além do Tempo e Um Limite entre Nós não puderam ser considerados para competir. Então a disputa se tornou bem mais fácil para Moonlight. O filme conquistou  cinco estatuetas, o maior número da década para uma única produção até agora. Filme, diretor, roteiro, fotografia, montagem e elenco.

Isabelle Huppert32nd Film Independent Spirit Awards, Press Room, Santa Monica, Los Angeles, USA - 25 Feb 2017

Entretanto o tão esperado prêmio de coadjuvante para Mahershala Ali acabou nas mãos de Ben Foster, de A Qualquer Custo, que nem foi indicado para o Oscar. Sem a concorrência de Denzel Washington, Casey Affleck levou o prêmio de melhor ator. Da mesma maneira, Isabelle Huppert, que voltou correndo de Paris depois de ganhar o Cesar por Elle, chegou em Santa Monica para receber o Spirit de melhor atriz, sem precisar se preocupar com a possibilidade de perder para Emma Stone. Já para o prêmio de atriz coadjuvante foi escolhida a veterana Molly Shannon, em Other People. Ela fez o melhor discurso da noite, divertido e ao mesmo tempo emocionante. 

Alguns favoritos ao Oscar como o documentário O.J.: Made in America e o filme estrangeiro Toni Erdmann também foram premiados. O elogiado terror A Bruxa saiu consagrado com dois prêmios, melhor primeiro filme e primeiro roteiro. Mas um dos momentos mais legais foi quando o Spirits resolveu fugir da situação difícil de homenagear todos os artistas que morreram no último ano, e fez uma brincadeira chamada Not In Memoriam, com Andy Samberg cantando a música de Pearl Jam e falando sobre vários atores que sim, estavam vivos. Foi ótimo!

IMG_3745

Nos últimos três anos, os vencedores do Spirit e do Oscar são os mesmos. A última vez houve uma diferença foi em 2012 quando o Spirits escolheu O Lado Bom da Vida e o Oscar preferiu Argo. Espero que a situação se repita este ano! Rs!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *