fbpx

Bacurau e Antonio Banderas entre os vencedores de Cannes

Aconteceu hoje (25) a cerimônia de encerramento do Festival de Cannes. O júri, liderado por Alejandro Gonzalez Iñarritu, dividiu bem os prêmios, e deixou de fora o badaladíssimo Era Uma Vez em Hollywood. Mas premiou o veterano Antonio Banderas, por Dor e Glória, sua nova reunião com Pedro Almodovar. Já o brasileiro Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles ficou com o prêmio especial do júri, empatado com Les Misérables.

Esse foi um grande ano para o cinema brasileiro em Cannes. Ontem foi anunciado que A Vida Invisível de Eurídice Gusmão havia sido o vencedor da mostra paralela, Un Certain Regard. E hoje chega a notícia do prêmio do júri para Bacurau. O grande vencedor, entretanto, vencedor da Palma de Ouro, foi o coreano Parasite, de Bong Joon-ho. Segundo Iñarritu disse na conferência com a imprensa, foi uma decisão unânime.

Veja abaixo a lista dos vencedores:

Palma de Ouro: Parasite, Bong Joon-ho

Foto de Petros Giannakouris/AP/REX/Shutterstock

Grand Prix: Atlantics, Mati Diop

Prêmio do Júri (empate): Les Misérables (Ladj Ly) e Bacurau (Kleber Mendonça Filho, Juliano Dornelles)

Atriz: Emily Beecham, Little Joe

Ator: Antonio Banderas, Dor e Glória

 Diretor: Jean-Pierre & Luc Dardenne, The Young Ahmed

Roteiro: Portrait of a Lady on Fire, Céline Sciamma

Menção Especial do Júri: It Must Be Heaven, Elia Suleiman

Camera d’Or: Our Mothers,César Díaz

Palma de Ouro – Curtas: The Distance Between Us And The Sky, Vasilis Kekatos

Menção Especial do Júri: Monstruo Dios,Agustina San

Queer Palm (Filme): Portrait of a Lady on Fire, Céline Sciamma

Queer Palm (Curta): The Distance Between Us And The Sky, Vasilis Kekatos

Fotos de filmes: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *