fbpx

Os modelos mais incríveis do tapete vermelho do Festival de Toronto

 data-srcset

Eu lembro quando o Festival de Toronto era um evento pequeno, mais alternativo, com filmes menos conhecidos. Isso nem faz tanto tempo assim, mas agora ele é praticamente “o lugar” para o lançamento daqueles filmes que vão dar o que falar daqui a alguns meses na Temporada de Premiações. E, com isso, “todo mundo” está lá. Todas as estrelas usam os vestidos mais lindos, ou pelo menos aqueles que vão chamar mais atenção para elas, seus filmes e suas atuações. O Festival ainda está no meio (vai até o dia 17), mas dê só uma olhada em quem já passou por Toronto “com fome de red carpet”, e um olho no Oscar do ano que vem.

Não é um vestido que todo mundo pode usar, tem que ter a atitude e o corpo certos. Mas eu adorei esse Alexander McQueen florido que Rosamund Pike usou na pré-estreia de Hostiles, filme sobre um capitão do exército (Christian Bale) que concorda em levar um chefe Cheyenne por um território perigoso no final dos anos 1800. Depois de sua atuação inesquecível em Garota Exemplar, ela não fez nada de muito significativo, mas tem um monte de filmes para estrear no próximo um ano e meio, inclusive Hostiles.

Rosamund Pike

Jennifer Lawrence deixou Dior de lado e escolheu esse modelo todo sexy de Dolce & Gabanna. O laço é um pouquinho demais, não? Ela esteve em Toronto para o mostrar o  super falado Mãe, que estreia semana que vem no Brasil. Dirigido por Darren Aronofsky, o filme é um suspense/terror que também tem no elenco Javier Barden e Michelle Pfeiffer.

Resultado de imagem para jennifer lawrence mother premiere tiff 2017

 

Além de achar que ela é uma das melhores atrizes ada atualidade, eu geralmente gosto muito do estilo de Rachel McAdams. Mas sinceramente não gostei desse vestido verde clarinho de Elie Saab, que parece uma camisola, que ela escolheu para a premiere de Disobedience. Esse é aquele filme que vai mostrar o romance entre Rachel e a outra linda Rachel, a Weisz, no meio de uma comunidade judaica ortodoxa. Muito curiosa!

 

Rachel McAdams

Outra atriz que eu adoro é Kate Winslet. Ela estava em Toronto para mostrar Depois daquela Montanha, que estreia no Brasil em novembro. No filme, ela e Idris Elba são dois estranhos cujo avião cai no meio de montanhas cheias de neve e tem que se ajudar para tentar sair daquela situação. No tapete vermelho ela escolheu esse belo e clássico vestido branco Badgley Mischka .

Kate Winslet

Nicole Kidman provavelmente vem com tudo para a Temporada de Premiações. Além de sua forte atuação na TV em Big Little Lies ( é a favorita em sua categoria no Emmy no próximo domingo), ela ainda tem dois filmes, que podem lhe dar indicações. No Festival de Toronto, Nicole mostrou dois. The Killing of a Sacred Deer é um terror/suspense onde a atriz novamente está ao lado de Colin Farrell (depois de O Estranho que Nós Amamos), e a versão americana de Intocáveis, The Upside, com Bryan Cranston. Nicole usou dois modelos bem diferentes no tapete vermelho. No do filme de terror ela preferiu esse Valentino estampado que mais parecia algo para usar em Nashville, onde ela mora atualmente. Já para a premiere de The Upside, ela demostrou a classe de sempre com esse lindo pretinho nada básico de Oscar De La Renta

Eu geralmente adoro o estilo sexy e forte de Margot Robbie, mas realmente esse vestido de cortina Erdem não funcionou. Ela estava lá para mostrar I, Tonya, a biografia da patinadora Tonya Harding, que foi envolvida no ataque à sua rival Nancy Kerrigan. É um daqueles filmes que as atrizes lindas se enfeiam para provar que são boas, sabe?

Angelina Jolie levou a filharada toda para Toronto, mas na hora de promover First They Killed my Father, que ela dirigiu, incorporou a estrela novamente. Um belo vestido preto (como ela gosta) de Ralph & Russo. O filme não tem atores conhecidos e conta a história de uma garotinha que vive os horrores da guerra no Camboja.

Eu adoro Julianne Moore. Acho que ela é linda, ótima atriz e sempre ousa nos tapetes vermelhos. Mas chega uma hora que os joelhos não permitem mais minis. O vestido-casaco branco de Dior é lindo, mas… A atriz estava lá para a pré-estreia de Suburbicon, sobre um assassinato que acontece numa comunidade aparentemente perfeita nos Estados Unidos nos anos 50. George Clooney dirigiu.

Resultado de imagem para julianne moore white dress tiff 2017

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *