fbpx

Roubo e agressão nos bastidores do Festival de Cannes

A gente vê os artistas nos tapetes vermelhos do Festival de Cannes, e só pensa no glamour. Mas, nos bastidores, às vezes a coisa pega. Duas situações que aconteceram este ano mostram bem isso. A primeira envolveu um roubo de uma joia (lembrei tanto do clássico Ladrão de Casaca, rs). A segunda foi uma agressão.

O roubo

O roubo aconteceu com a atriz Jodie Turner-Smith. Ela estava no Marriott Hotel na Croisette. Na sexta-feira, saiu do quarto para o café da manhã. Foi quando ladrões entraram no quarto e roubaram várias joias, que valem milhares de euros. E o pior, um item era especial: a aliança de casamento da mãe da atriz.

Ela logo se mudou para o Majestic Hotel, que fica há algumas quadras do Marriott. E ainda recebeu uma segurança extra, que a vem acompanhando em todos os lugares. Ainda há o agravante. A atriz está na cidade com sua filhinha de um ano, Janie (o pai é Joshua Jackson), o que a deixou ainda mais preocupada com a segurança.

Essa é a primeira participação de Jodie Turner Smith em Cannes. E acredita-se que os ladrões devem ter se transformado em alvo dos ladrões depois de sua aparição no tapete vermelho na última quinta-feira. Na ocasião, ela usou um colar de ouro e diamantes da Gucci High Jewelry. O colar foi imediatamente devolvido à Gucci após a pré-estreia. Mas acredita-se que os ladrões esperavam encontrar a peça ainda no quarto.

A agressão

A agressão não aconteceu propriamente durante o festival. Mas alterou o planejamento. O caso aconteceu com Judith Chemla, a estrela de Mes freres et moi. A atriz deveria estar presente na pré-estreia do filme  hoje (12), que faz parte da mostra  Un Certain Regard. Mas cancelou porque o diretor do filme teria atirado um celular nela, segundo apurado pela Variety.

A atriz registrou uma queixa contra Yohan Manca, o diretor em 4 de julho. O caso teria acontecido um dia antes na rua perto do Theatre du Rond-Point em Paris. Os dois são também namorados há cerca de cinco anos e têm uma filha. Uma fonte da Variety disse que os dois estavam tendo uma discussão e Manca ficou violento.

Pelo que se sabe, ele também cancelou sua presença em Cannes depois da confusão. O filme é estreia dele como diretor. Manca está agora em Paris com a filha enquanto Judith está em Avignon para o festival local. Ela deverá fazer lá uma performance musical em 13 de julho. O plano inicial era que ela passasse por Cannes por algumas horas, somente para a pré-estreia do filme. Mas tudo isso azedou por causa da agressão.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *