fbpx

Zac Efron escolhe entre Namoro ou Liberdade. E a gente se diverte…

Gosto muito de Zac Efron. Acho que é talentoso e esforçado, além de obviamente lindo. Alterna comédias e dramas e com isso vai ficando cada vez melhor como ator. Aqui em Namoro ou Liberdade, que estreia amanhã nos cinemas, ele até é engraçado em várias cenas. Mas na realidade, faz a parte de galã romântico sobressair. Impossível que as meninas não suspirem assistindo o filme. O ponto positivo é que o filme tem o apelo para o público masculino. Não é a toa que algumas publicações o chamaram de Sex and the City masculino.

A história é centrada em três amigos. Jason (Zac Efron) é o conquistador que nem sabia que estava num relacionamento  até que a menina resolve terminar. Mikey (Michael B. Jordan, de Fruitvale Station – A Última Parada)é um médico casado que não sabe o que fazer quando a mulher resolve pedir a separação. E Daniel (Miles Teller, de Finalmente 18) só quer curtir a vida com uma garota diferente por noite. Eles aparentemente querem continuar a só curtir a vida. mas logo Jason conhece Ellie (Imogen Poots,  de Need for Speed), Mikey tenta uma reconciliação com a ex-mulher e Daniel começa um improvável relacionamento com uma amiga. Quando começam a se apaixonar, todos tentam esconder dos amigos, provocando situações divertidas e românticas. Mas, sem esquecer as piadas mais grosseiras, afinal, é um filme para “meninos” também.

As críticas em geral foram bem ruins. Falaram que era machista, ruim. Nossa, fiquei surpresa porque achei que o filme não é nada disso. Será que as pessoas não andam vendo TV? Tem coisa tão(muito) mais ofensiva…Machista? Muito pelo contrário. As mulheres fazem suas escolhas e os homens também. Talvez seja mais preconceito com o tipo de filme e com o ator (que aliás aparece em várias cenas sem camisa).

Meu único senão é a mocinha Imogen Poots. Depois de ver em dois dias seguidos Need for Speed e este filme, cheguei a conclusão que ela é bem fraca. Ah, e um detalhe, parece um tanto “sujinha”, não acham?

 

Existem 1 comentários

  1. Concordo com o que você disse sobre Zac e, principalmente, Imogen. E me ocorreu uma idéia: por que você não abre no fim do ano um troféu sabonete para o ator e a atriz que “parece que não toma banho”? Eu já tenho algumas dicas.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *