fbpx

Um Instante de Amor é sensual e surpreendente

 data-srcset

Marion Cotillard é o máximo. A cada atuação sua, você consegue enxergar uma diferença, um algo a mais, típico das maiores atrizes. Em Um Instante de Amor, que estreia amanhã nos cinemas, ela exala sensualidade, emoção, inconformidade. O filme, extremamente interessante e diferente, tem um final inesperado, que foi aplaudido de pé quando foi exibido no Festival de Cannes. Merece!

Baseado no best-seller de Milena Agus, Um Instante de Amor conta a história de Gabrielle (Marion Cotillard), uma mulher bela e solitária que vive em uma pequena vila no sul da França, que não se encaixa nos padrões pré-estabelecidos de comportamento feminino. Para se “livrar do problema”, seus pais arranjam para ela um casamento com José (Alex Brendemühl), um fazendeiro espanhol que eles acham que vai transformá-la em uma “uma mulher respeitável”. Após descobrir que tem problemas renais, ela vai para uma clínica nos Alpes, onde conhece um elegante veterano da Guerra da Indochina, André (Louis Garrel). Quanto mais os dois se conhecem, Gabrielle sente reacender uma paixão que estava apagada dentro dela. Logo, ela começa a fazer planos de fugir com André, libertando-se de um casamento que parece aprisioná-la. Mas, é claro, nem tudo é o que parece.

Como dá para perceber, o filme é daqueles de emoções a flor da pele. Gabrielle está sempre pronta a explodir com sua sensualidade e vontade de amar. Me lembrou muito um de meus filmes preferidos, Clamor do Sexo, com Natalie Wood, tão apaixonada e sensual que quase enlouquece. José, um personagem de poucas palavras, mas que transmite toda a sua intensidade no olhar (fantástico trabalho também do ator – muito sexy –  Alex Brendemühl). E André é um ideal para garotas extremamente românticas.

Resultado de imagem para mal de pierres

No final, o filme é uma grande história de amor de uma forma que você não espera, e que, com seu final surpreendente, explica todas as possíveis questões que você possa ter se perguntado durante o seu decorrer.  Dirigido com sensualidade e cuidado pela também atriz Nicole Garcia, vale muito conhecer.

A diretora Nicole, com seu elenco no Festival de Cannes: Victoire Du Bois, Alex Brendemuhl, Marion Cotillard – de Dior Couture, Louis Garrel e Brigitte Rouan

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *