fbpx

Sem Escalas é um filme de ação dos bons

Você já deve ter visto um monte de filmes e séries onde TUDO acontece dentro de um avião. O primeiro que me lembro é Aeroporto e todas as suas sequencias dos anos 70. Mais recentemente, o cinema americano teve Plano de Voo, com Jodie Foster (por sinal,muito bom). Até Pedro Almodovar andou por essa seara no recente Os Amantes Passageiros. Agora chega mais um, mas que mantém a atenção todo o tempo. O eficiente filme de ação Sem Escalas chega aos cinemas.
Estrelado por Liam Neeson, o filme acompanha Bill Marks, um policial incumbido da segurança de aviões, que entra em um determinado voo aparentemente escondendo alguma coisa. Você não sabe no início se ele é bom ou mau. Assim como os demais passageiros, que incluem a falante Jan Sommers (Julianne Moore),  as duas aeromoças (Michelle Dockery de Downton Abbey e Lupita Nyong’o, de 12 Anos de escravidão) entre outros. A tensão tem início quando ele começa a receber mensagens de texto, dizendo que matará um passageiro a cada meia hora até receber 150 milhões de dólares. Quando a primeira morte acontece, Bill tem que entrar em ação.

Como nos filmes da série Busca Implacável (ele está rodando o terceiro agora), Neeson domina o gênero mesmo com seus 62 anos. Numa cena especialmente boa, ele acaba com um cara dentro do banheiro do avião. E você consegue acreditar. Outro ponto positivo é a forma como é feito o uso das mensagens de texto na história. O diretor Jaume Collet-Serra, que já havia funcionado bem no terror A Órfã e em sua associação anterior com Neeson, Desconhecido, se sai ainda melhor aqui.

Se você busca um empolgante filme de ação para fugir do carnaval, Sem Escalas é a sua escolha. O filme tem lançamento simultâneo no Brasil e nos Estados Unidos.Lá, os números de bilheteria da sexta-feira indicam que ele vai conseguir desbancar Um Aventura Lego, que há três fins de semana está em primeiro lugar.
Eliane Munhoz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *