fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Outro filme para incomodar…

Assim como Mãe!, a outra estreia da semana nos cinemas, Esta é sua Morte: O Show também é um filme que está aí para incomodar. Gostar ou não também depende de como você consegue suportar a discussão de assuntos como suicídio, o poder da mídia, reality shows, e como o público pode ser manipulado. Não é fácil, mas é um bom filme, correto, bem dirigido e sem medo de trazer assuntos espinhosos para a discussão.

Resultado de imagem para this is your death

Ele é dirigido por Giancarlo Esposito, ator que você conhece de diversos filmes, como o mais recente Maze Runner, ou ainda de séries como Breaking Bad, e seu “filho” Better Call Saul. Giancarlo também faz um personagem-chave no filme, que é acompanhado paralelamente ao apresentador de um game show, Adam Rogers, vivido por Josh Duhamel. Em seu programa, um desses de escolher noivas para um homem, acaba acontecendo uma tragédia, o que o marca profundamente. Só que com isso, ele decide quebrar as barreiras ao colocar no ar um novo show, no qual os concorrentes podem pôr um fim em suas vidas pela chance de ganhar dinheiro. Adam só ficará satisfeito se seu reality show for o número um no ranking da audiência, e ele não vai parar por nada até atingir seu objetivo.

É claro, que assim como Mãe! há momentos em que o filme vai longe demais. E por isso mesmo, duvido que as pessoas ficarão num meio termo quanto a ele. Ou vão gostar ou vão odiar. No meu caso, achei o filme bem dirigido, e a história é muito interessante. Pessoalmente, odeio reality shows, e o princípio de uma pessoa ser destruída por outro, seja competidor, juiz ou apresentador em rede nacional. Além disso, o fato de ser apresentado como vida real, e não totalmente manipulado, chega ao cúmulo do ridículo.

Resultado de imagem para this is your death

Mas, de qualquer maneira, o público gosta de uma lavagem de roupa suja. E no caso de Esta é sua Morte, ele tem prazer em ver uma pessoa se matando porque está em total desespero. Em diversos momentos me lembrou aqueles filmes da Roma Antiga, onde o povo pedia sangue, com a morte de gladiadores. Tanto tempo se passou, e na verdade ainda é isso que a maioria da audiência quer, na “realidade”.

Imagem relacionada

O elenco é bom. Além de Josh, que apesar de não ser um grande ator, se sai bem no papel, e Giancarlo (ótimo), o filme ainda tem Famke Janssen, Sarah Wayne Callies (The Walking Dead), a ótima e linda Caitlin Fitzgerald (Masters of Sex) e até uma participação especial de James Franco – ele está em todas, não?

No final, não é um filme fácil, nem para todos os públicos, mas é outro daqueles que vai deixar você pensando por vários dias na história.

Resultado de imagem para this is your death

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Os dois filmes de Caça-Fantasmas, produzidos nos anos 80, são divertidos e deliciosos companheiros de tardes de toda uma geração. Atualmente estão disponíveis no...

Cinema

Guillermo Del Toro adora um terror. Está sempre envolvido em filmes e séries do gênero, seja como diretor ou como produtor.  Espíritos Obscuros, que...

Cinema

O feriado de Nossa Senhora de Aparecida me parece um bom dia para escrever a crítica do filme de Nossa Senhora de Fátima. Fátima:...

Cinema

O cinema de terror vem tendo cada vez mais visibilidade, mesmo em festivais e premiações. Em 2019, A Chorona, filme do gênero da Guatemala, ...

Séries

O Legado de Júpiter não deu certo na Netflix. Foi cancelada após uma única temporada. Mas seu ator principal, Josh Duhamel, não ficou muito...

Cinema

M Night Shyamalan está entre meus diretores preferidos. Afinal, ele é o cara que fez O Sexto Sentido, Sinais, Corpo Fechado, A Vila, Fragmentado....

Cinema

No ano passado, eu assisti O Charlatão durante a Mostra de Cinema de São Paulo. Publiquei a crítica no Blog. Mas logo depois, hackers...

Cinema

Ninguém pode dizer que eu não tentei, rsrs. Quando é possível, eu tento assistir o maior número de filmes possível, independente de sua nacionalidade....