fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

O que esperar de O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos

A primeira impressão é de uma cópia descarada de Alice no País das Maravilhas. Baseado no livro The Nutcracker and the Mouse King, O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos é uma elaborada produção. Afinal, o visual é lindo e bem cuidado. Mas faltou história, faltou humor, faltou vida para contar essa aventura de uma jovem que perdeu a mãe recentemente. Uma pena!

Clara, uma jovem esperta e independente, perde a única chave mágica capaz de abrir um presente de valor incalculável, que lhe foi deixado por sua mãe recém-falecida. Para recuperar essa chave que possibilitará que ela veja a última mensagem de sua mãe, Clara decide então iniciar uma jornada de resgate. Isso a levará a diversas descobertas pelo Reino dos Doces, o Reino das Neves, o Reino das Flores e o sinistro Quarto Reino.

O interessante é que a direção é de um maravilhoso profissional, Lasse Hallstron, de filmes como Chocolate e Regras da Vida. Mas Lasse não pôde participar das filmagens adicionais. Joe Johnston, do Jumanji clássico e Capitão América: O Primeiro Vingador, assumiu  então essa parte. Os dois assinam a direção do filme. Só que  nem mesmo essas duas feras conseguem envolver o espectador. Especialmente as crianças, já que lá pelo meio da história, há cenas de balé e um ritmo arrastado, que dificultam a atenção dos pequenos.

A famosa música de Tchaicovsky  só aparece na cena final. E o elenco também tem problemas. Mackenzie Foy, que fez a filha de Edward e Bella na saga Crepúsculo, é linda, mas completamente sem sal. Acaba sendo difícil torcer por ela. Atores como Morgan Freeman, Helen Mirren, Matthew Macfadyen tem poucas chances. A única que se sai melhor é Keira Knightley (aliás, é o primeiro nome do elenco). Como Sugar Plum com seu cabelo cor de rosa, ela consegue divertir.

De qualquer maneira, na sessão para imprensa, uma jornalista ao meu lado disse ao final que era o filme mais lindo que ela já havia visto. Posso concordar com a parte visual – é realmente de tirar o fôlego. Mas só isso!

As fotos são de divulgação.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Viola Davis é uma daquelas atrizes que são uma unanimidade. Todos adoram, todos acham que é uma excelente atriz. E eu me incluo nisso....

Streaming

Eu vejo muitos filmes sobre desastres. Gosto do gênero, e quanto mais impossível melhor. Tipo Terremoto: A Falha de San Andreas, ou o clássico...

Séries

A coisa está pesada nas filmagens de Justified: City Primeval, a sequência de Justified (6 temporadas disponíveis na Globoplay). Um pessoa não identificada jogou...

Cinema

A gente já viu um monte de filmes sobre pessoas sendo perseguidas por feras em um ambiente hostil. O ótimo Predador: A Caçada é...

Streaming

Eva Longoria ficou conhecida de todo o público como Gabrielle de Desperate Housewives. A série durou de 2004 a 2012, e hoje todas as...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Para todos que amam os filmes de  Toy Story (ou seja, todo mundo que já assistiu, rs), Lightyear tem um apelo especial. A animação,...

Cinema

Tem muita gente que eu conheço que odeia terror. Eu gosto muito. Mas, quando já se viu tantos filmes do gênero como é o...

Cinema

Sou fã dos livros de Agatha Christie, especialmente aqueles com o detetive Hercule Poirot. Sempre gostei de sua ironia, da perceber a forma como...

Cinema

Em 2019, Turma da Mônica -Laços foi um grande sucesso. Trouxe o universo de Maurício de Sousa para o mundo do live action com...

Streaming

A semana de Natal tem sempre um monte de grandes lançamentos no cinema e no streaming. Um deles é Matrix Resurrections. Neo, feito por...

Cinema

Normalmente a gente espera que filmes de Natal sejam fofinhos e bobinhos, como Um Castelo para o Natal da Netflix, que assisti ontem. Tem...

Cinema

Mesmo com seu 69 anos, Liam Neeson não para de trabalhar. Ele já anunciou que não quer fazer mais filmes de ação, porque realmente...

Cinema

Já faz muito tempo que o Brasil tenta, tenta, e não chega lá entre os finalistas do Oscar. A última vez foi no século...