fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

O que esperar de O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos

A primeira impressão é de uma cópia descarada de Alice no País das Maravilhas. Baseado no livro The Nutcracker and the Mouse King, O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos é uma elaborada produção. Afinal, o visual é lindo e bem cuidado. Mas faltou história, faltou humor, faltou vida para contar essa aventura de uma jovem que perdeu a mãe recentemente. Uma pena!

Clara, uma jovem esperta e independente, perde a única chave mágica capaz de abrir um presente de valor incalculável, que lhe foi deixado por sua mãe recém-falecida. Para recuperar essa chave que possibilitará que ela veja a última mensagem de sua mãe, Clara decide então iniciar uma jornada de resgate. Isso a levará a diversas descobertas pelo Reino dos Doces, o Reino das Neves, o Reino das Flores e o sinistro Quarto Reino.

O interessante é que a direção é de um maravilhoso profissional, Lasse Hallstron, de filmes como Chocolate e Regras da Vida. Mas Lasse não pôde participar das filmagens adicionais. Joe Johnston, do Jumanji clássico e Capitão América: O Primeiro Vingador, assumiu  então essa parte. Os dois assinam a direção do filme. Só que  nem mesmo essas duas feras conseguem envolver o espectador. Especialmente as crianças, já que lá pelo meio da história, há cenas de balé e um ritmo arrastado, que dificultam a atenção dos pequenos.

A famosa música de Tchaicovsky  só aparece na cena final. E o elenco também tem problemas. Mackenzie Foy, que fez a filha de Edward e Bella na saga Crepúsculo, é linda, mas completamente sem sal. Acaba sendo difícil torcer por ela. Atores como Morgan Freeman, Helen Mirren, Matthew Macfadyen tem poucas chances. A única que se sai melhor é Keira Knightley (aliás, é o primeiro nome do elenco). Como Sugar Plum com seu cabelo cor de rosa, ela consegue divertir.

De qualquer maneira, na sessão para imprensa, uma jornalista ao meu lado disse ao final que era o filme mais lindo que ela já havia visto. Posso concordar com a parte visual – é realmente de tirar o fôlego. Mas só isso!

As fotos são de divulgação.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Cinema

Há certos tipos de humor que, sinceramente, não consigo entender. Por exemplo, lembro-me de uma época em que Orange is the New Black era...

Cinema

Mad Max: Estrada da Fúria foi um grande sucesso de público e crítica quando foi lançado em 2015. Na época, escrevi o seguinte na...

Cinema

É impossível não lembrar de John Wick ao assistir Fúria Primitiva. Afinal, trata-se de um filme sobre vingança , sobre alguém que  desafia os...

Streaming

A gente já viu essa história muitas vezes. O romance improvável entre estudantes ricos e pobres numa escola para milionários. Recentemente Elite fez muito...

Streaming

Houve um tempo em que Renny Harlin dirigiu grandes filmes de ação. É o caso de Risco Total e Duro de Matar 2, por...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Filmes de fantasia, que pretendem atingir crianças e adultos, podem acertar no tom, ou não. Várias versões erraram no tom. É o caso de...

Cinema

Muito comentada desde sempre, a versão live action de A Pequena Sereia chega aos cinemas nessa quinta-feira. As primeiras reações estão divididas. Há os...

Streaming

Depois que deu um tilt no servidor, agora tenho que reescrever esta matéria de O Estrangulador de Boston e a de Shazam: Fúria dos...

Streaming

O Star Plus anunciou diversos lançamentos para o mês de março. E escolhi aqui 7 deles que são imperdíveis. Veja só A História do...

Cinema

David O. Russell dirigiu um filme que eu adoro chamado Trapaça (está no Paramount Plus). Concorreu a 10 Oscars, mas acabou levando zero para...

Cinema

Para todos que amam os filmes de  Toy Story (ou seja, todo mundo que já assistiu, rs), Lightyear tem um apelo especial. A animação,...

Cinema

Tem muita gente que eu conheço que odeia terror. Eu gosto muito. Mas, quando já se viu tantos filmes do gênero como é o...

Cinema

Sou fã dos livros de Agatha Christie, especialmente aqueles com o detetive Hercule Poirot. Sempre gostei de sua ironia, da perceber a forma como...