fbpx

O naturalismo do futebol de Aspirantes

É engraçado que no dito país do futebol, os filmes que apresentam situações sobre o tema em geral não tem um sucesso significativo. É o caso de Heleno, Pelé: O nascimento de uma Lenda, Linha de Passe, Asa Branca. Agora, mais um está em cartaz nos cinemas: Aspirantes. Ele chega com vários prêmios na bagagem. Entre outros, ganhou o Carte Blanche do Festival de Locarno; melhor filme, ator e atriz coadjuvante no Festival do Rio, e ainda o prêmio da ABRACINE de melhor filme da Mostra de Cinema de SP.

Logo de início conhecemos Junior e Bento. Eles são jovens jogadores de futebol do Bacaxá A.C., um time amador da cidade de Saquarema, no litoral do Rio de Janeiro. Melhores amigos desde a infância, Bento é a maior estrela do time e está fechando contrato com um clube profissional. Já o comprometido Junior parece não ter sorte e tem que lidar com a gravidez inesperada de sua namorada, as preocupações constantes da mãe dela sobre o futuro deles, e o seu tio alcoólatra.   Conforme ele percebe que seu sonho de ser uma grande estrela do futebol pode desmoronar, o ciúme de Junior por Bento cresce, até chegar em proporções perigosas.

A linguagem do futebol

O filme tem uma linguagem bem naturalista, e se propõe a acompanhar a história de Bento com todos os seus silêncios. Confesso que não é o tipo de narrativa que me atrai. Mas talvez para quem gosta de futebol, possa ser eficiente. Mas é bom estar preparado, Aspirantes não é uma história de vencedores. O próprio diretor Ives Rosenfeld reconhece isso:

Sempre sonhei em fazer um filme em torno do futebol. Como a maioria dos brasileiros, sou um apaixonado pelo esporte. O filme, portanto, partiu disso, do encontro entre minhas duas maiores paixões, o futebol e o cinema. Ao longo do processo de escrita do roteiro, fui procurando onde mais me interessava aprofundar o olhar. Conheci alguns meninos com o sonho de serem jogadores. A esmagadora maioria deles não logrará o sucesso. Preterir a história dos vencedores foi uma escolha natural“.

Os dois garotos, Ariclenes Barroso e Sergio Malheiros, são ótimos. Assim como o resto do elenco. Gostei também muito de Julia Bernat, que faz a namorada de Júnior. E eu tive a oportunidade de falar com Sergio – lembra quando ele era o garotinho Raí de Da Cor do Pecado? – Ariclenes e Ives Rosenfeld. Veja abaixo o vídeo do nosso papo:

Aspirantes vai estrear na seguintes cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Aracaju, Palmas e Niterói.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *