fbpx

O filme perfeito para o Natal de 2018

O Natal está quase aí e a Netflix assumiu uma posição de liderança ao oferecer uma boa quantidade de filmes sobre o assunto. Desde a sequência do grande sucesso do ano passado, O Príncipe do Natal, com o título de O Príncipe do Natal: O Casamento Real até o fofo e descaradamente romântico A Princesa e a Plebeia , com Vanessa Hudgens. Mas o que deu maior audiência, e teve maior sucesso, foi Crônicas de Natal, estrelado por Kurt Russell.

O filme segue a linha daqueles filmes fofos da época, que antigamente eram produzidos pela Disney, e posteriormente pelo canal Lifetime. Dois irmãos tem que lidar com a perda do pai quando chega seu primeiro Natal sem ele. Mas, quando acabam sozinhos na noite de Natal, acabam vendo Papai Noel entrar pela sua chaminé. O problema é que um acidente acaba deixando os dois com Papai Noel, e sem trenó e renas. Os três têm que então buscar uma maneira de recuperar o trenó, e terminar de entregar todos os presentes da noite de Natal.

O que achei?

Tudo é obviamente bobinho e fofinho. A diferença fica por conta de Kurt Russell, que obviamente se diverte muuuito fazendo o papel. Seu Papai Noel, apesar de um pouco politicamente incorreto, é divertido demais. O número musical Santa Claus is Back in Town, que acontece quando Papai Noel está na prisão, é uma delícia. E, além do mais, ainda reforça a conexão de Kurt com Elvis Presley. Afinal Kurt contracenou com The King em um filme, depois viveu o personagem em um telefilme (pelo qual foi indicado ao Emmy e ao Globo de Ouro), chamado Elvis. E ainda teve 3000 milhas para o Inferno e a dublagem de Forrest Gump. É uma delícia de ver.

O filme é cheio de referências. Alguns exemplos: a banda que toca com Papai Noel na prisão é a Disciples of Soul. Entre os nomes das crianças que são anunciados para receber presentes de Natal, estão Ryder Robinson e Bing Bellamy, filhos de Kate Hudson, filha da mulher de Kurt, Goldie Hawn. Oliver Hudson, outro filho de Goldie, faz o pai falecido das crianças. E a própria Goldie faz uma participação especial como a sra. Noel. Adorei essa parte!! E ainda há outras referências  a Expresso Polar, Stranger Things, Nashville.

É claro que não é um filme que vai figurar entre os melhores do ano. Mas é perfeito para fazer o sorriso aparecer nesse momento natalino.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *