fbpx

Não perca o lançamento dos cinemas, Garota Exemplar. É um filmaço!

Não li o livro Garota Exemplar, de Gillian Flynn, um campeão de vendas. Dessa forma, não sabia muito bem o que esperar do filme dirigido por David Fincher. E na verdade, não poderia imaginar como Garota Exemplar, que estreia este fim de semana nos cinemas, é bom.  Aquilo que a gente costuma chamar de UM FILMAÇO!

É preciso reconhecer principalmente a habilidade de diretor Fincher de orquestrar as idas e vindas das diferentes situações apresentadas pelo roteiro, também de autoria de Flynn. É até difícil falar sobre a história, com o risco de entregar algum detalhe importante. Tudo começa quando Nick (Ben Affleck) chega em casa e descobre que sua esposa Amy (Rosamund Pike) desapareceu no dia do quinto aniversário de seu casamento. Logo a investigação começa a atrair a atenção da mídia, que acaba acreditando que ele é culpado. Mas será que é?

Rosamund Pike

A trilha sonora e a edição mantêm todo o tempo o suspense sobre quem é o real culpado e qual será o próximo passo. E ainda chega a um final que deixará você ainda mais chocado do que poderia supor. Não, não existem cabeças dentro de caixas como em Seven – Os Sete Crimes Capitais, meu filme favorito do diretor.  Mas é igualmente perturbador.

Fincher também sempre consegue grandes atuações de seus atores. Aqui não é diferente. Apesar de Nick ser um personagem inicialmente apático, Ben Affleck tem sua melhor atuação em anos (aliás, meninas, ele aparece sem roupa, inclusive a parte que Chuck Lorre elogiou num evento da indústria, lembram? Repare na cena do chuveiro). Todos os coadjuvantes também têm seu momento para brilhar. Carrie Coon, a melhor coisa da série The Leftovers, está ótima como a irmã de Nick, Margo. Tyler Perry, que teve vários sucessos no cinema americano (mas não por aqui) com suas comédias idiotas, surpreende como o advogado irônico e perspicaz. E até Neil Patrick Harris convence como o ex-namorado de Amy, Desi. Nada mais diferente do que o Barney de How I Met Your Mother.

O elenco e o diretor no lançamento filme no Festival de Nova York

Reese Whiterspoon comprou há alguns anos os direitos do livro para o cinema, pensando em fazer o papel principal. Acabou como uma das produtoras pois foi convencida pelo diretor que Rosamund Pike seria melhor para o filme. Ele estava certo. Rosamund é um triunfo! Você a conhece de vários outros papéis. Foi uma das irmãs de Orgulho e Preconceito, Bond Girl em 007 – Um Novo Dia para Morrer e a mocinha ao lado de Tom Cruise em Jack Reacher: O Último Tiro, só para citar alguns.  Sempre correta mas nada que pudesse nos preparar para o que ela faz como Amy Dunne. Desde já é uma candidata fortíssima ao Oscar de melhor atriz, ao lado de Reese Whiterspoon (ela de novo) e Julianne Moore. Hitchcock a adoraria!

Grande estreia deste fim de semana, Garota Exemplar é um programa obrigatório. É bom demais!

Eliane Munhoz

Existem 1 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *