fbpx

Mudança de data e de diretor para o novo filme de Star Wars

Não precisa se preocupar com título desse texto. As notícias são boas. Enquanto todo o mundo aguarda a chegada nesse mês de dezembro de Star Wars: Os últimos Jedi, o capítulo seguinte, e, em tese, final, da história de Luke Skywalker, teve um dia de mudanças hoje. Ainda sem subtítulo, o Episódio IX terá um novo diretor e uma nova data de lançamento. J.J. Abrams, que dirigiu Star Wars: O Despertar da Força, vai assumir novamente a cadeira de diretor no filme (ainda não consigo parar de comemorar!) e a data de lançamento passou de 24 de maio de 2019 para 20 de dezembro de 2019, conforme o Twitter oficial de Star Wars confirmou hoje.

Resultado de imagem para star wars

Esse adiamento provavelmente se deve a mais um drama de bastidores  da saga com seus diretores. Primeiro foi a super divulgada demissão de Phil Lord e Chris Miller, que estavam levando o filme de Han Solo para o lado da comédia, deixando obviamente os executivos (e os fãs) bem nervosos. Eles foram substituídos por Ron Howard, que está trabalhando a toda para conseguir entregar o filme para a data de 28 de maio de 2018.

Resultado de imagem para han solo movie

No início deste mês, percebeu-se que estavam acontecendo mais problemas numa galáxia muito, muito distante. O diretor Colin Trevorrow, de Jurassic World,  estava originalmente programado para assumir o posto, mas parece que havia extrema discordância  com a Disney (e com a produtora Kathleen Kennedy) quanto ao rumo que o roteiro do Episódio IX deveria tomar. Com isso, resolveu-se que Trevorrow não iria mais participar desse universo. Diz a lenda que inclusive Kathleen Kennedy (foto abaixo) tentou evitar a repetição da situação o máximo possível, já que já tinha despedido um diretor esse ano, mas aparentemente foi melhor levar a “pancada” agora, antes que a produção começasse.

Resultado de imagem para colin trevorrow and kathleen kennedy

A escolha de J.J. Abrams foi a melhor para todos os envolvidos, e especialmente para os fãs, porque depois de seu trabalho em O Despertar da Força, ele já demonstrou que entende e ama a saga totalmente. Provavelmente, a mudança de data ocorreu pois ele deve ter pedido mais tempo não só para desenvolver o roteiro, que será co-escrito com Chris Terrios, mas também para poder organizar uma produção dessa magnitude. Anteriormente, as filmagens deveriam começar em fevereiro, mas se nem o roteiro está escrito, ia ficar difícil.

Imagem relacionada

O certo é que  com a intenção de parecer mais moderna, com diretores “da moda”, a Disney e Kathleen Kennedy vem levando um tropeção atrás do outro, e não só com esses dois casos que já citei. Afinal, alguém lembra que eles queriam Josh Trank para dirigir um filme de Star Wars com uma história independente? Mas aí saiu o desastre de Quarteto Fantástico, e ele foi engavetado. Mesmo o sucesso Rogue One: Um História Star Wars foi dirigido  por Gareth Edwards, mas quando chegou o momento de refilmar algumas cenas, a briga foi tanta que Tony Gilroy teve que assumir o posto.

Resultado de imagem para rogue one director gareth edwards and tony gilroy

Ufa, nada como chamar alguém em que se confia para deixar todo mundo mais tranquilo, não é Ms. Kennedy?

Resultado de imagem para kathleen kennedy and j.j. abrams

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *