fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Melissa McCarthy volta a divertir em A Espiã que sabia de Menos

Melissa McCarthy tem construído uma carreira realmente impressionante. A maioria de seus filmes tem um orçamento considerado razoavelmente baixo para os padrões de Hollywood, e rendem muuuito. Ela tem uma média de 184 milhões de dólares por filme, mais do que seus concorrentes masculinos do mundo da comédia, Will Ferrell, Jack Black e Kevin Hart, sendo que este último é forte nos Estados Unidos, mas fraco no resto do mundo. E agora ela está chegando aos cinemas do Brasil e dos Estados Unidos  esta semana com A Espiã que sabia de Menos.

No filme ela é Susan Cooper, uma despretensiosa analista de base da CIA, e a heroína não reconhecida por trás das missões mais perigosas da agência. Mas quando seu parceiro (Jude Law) sai da jogada, e outro agente (Jason Statham) fica comprometido, Susan se oferece como voluntária para sua chefe(Allison Janney) para se infiltrar no mundo de um traficante de armas mortais e evitar um desastre global.

Na mesma linha do sucesso recente Kingsman: Agente Secreto, a ideia aqui é fazer uma sátira aos filmes de James Bond e/ou de espionagem. O resultado é muito bom, eu ri bastante especialmente com as participações da inglesa Miranda Hart e de um improvável Jason Statham se saindo bem em comédia. Já Melissa está melhor do que em seus últimos grandes filmes como As Bem-Armadas e Uma Ladra sem Limites, onde fazia sempre mais do mesmo. Aqui ela começa bem, com uma certa doçura e a vontade de impressionar. Mas é claro que no meio lá vem a durona, que sempre xinga todo o mundo. Mesmo que seja só uma forma da personagem convencer que é uma “bandida”, é uma lembrança de que ela se sente tentada a fazer sempre a mesma coisa. Mas uma coisa é verdade, ela se “segura” nas partes de ação. Preste atenção na luta na cozinha do restaurante. Wow!

No final, A Espiã que sabia de Menos é a melhor comédia que ela fez desde Missão Madrinha de Casamento. Uma curiosidade é que este ano vários filmes resolveram abordar o universo dos agentes secretos. Além deste e de Kingsman: Serviço Secreto ainda chegarão por aí Missão: Impossível – Nação Secreta, O Agente da U.N.C.L.E. e o pai de todos em 007 Contra Spectre. Eu adoro!

Melissa com Jason e Jude Law na pré-estreia do filme em Londres na semana passada

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Cinema

Os dois filmes de Caça-Fantasmas, produzidos nos anos 80, são divertidos e deliciosos companheiros de tardes de toda uma geração. Atualmente estão disponíveis no...

Streaming

Quando anunciaram a minissérie Nove Desconhecidos, fiquei entusiasmada. Produção de David E. Kelley, baseado num livro de Liane Moriarty, a mesma de Big Little...

Streaming

É um momento difícil para escolher  quais streamings se deve ter em casa. Netflix, Amazon, Globoplay, Disney Plus, Belas Artes a La carte, Apple...

Cinema

Mais uma princesa da Disney já está pronta para virar live action. E ela é a mais importante de todas. Não custa lembrar que...

Séries

Não sou muito fã de séries de comédia. Sim, é claro que vi – e gosto- de Friends e The Big Bang Theory. Mas...

Cinema

Melissa McCarthy é uma boa atriz. Eu só não sei a razão pela qual ela insiste em repetir a mesma persona filme após filme....

Cinema

Numa conversa recente com amigos no whatsapp sobre a carreira de Jude Law, chegamos a uma conclusão. O ator é ótimo – já foi...

Streaming

Abril chegou e a Netflix anunciou um monte de grande lançamentos de filmes e séries. Eu separei 11 deles que julgo que são imperdíveis....