fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Me Chama que eu Vou – Entrevista com Sidney Magal sobre documentário

Na minha infância/ adolescência, eu adorava ouvir as músicas de Sidney Magal. Já adulta, cheguei a ver um show dele – e me diverti horrores. E Magal está completando 50 anos de carreira, comemorando muito. Há um filme de ficção baseado em sua vida programado para estrear este ano, O Meu Sangue Ferve por Você, com Filipe Bragança fazendo o papel do cantor. Ainda não tem data oficial para estrear nos cinemas. E tem também o documentário Me Chama que eu Vou, dirigido por Joana Mariani, e que estreia hoje (12) nos cinemas.

Nascido Sidney Magalhães, Magal se abre em primeira pessoa nesse documentário. Fala desde sua infância até o presente. Passa por momentos importantes de sua carreira e pelo casamento com Magali West. O título vem de uma das músicas mais famosas de Magal, que serviu de tema de abertura da novela Rainha da Sucata, em 1990. O filme repassa os seus mais de 50 anos de carreira e mostra o homem por trás do artista. O cantor conta histórias inusitadas. Um exemplo é quando pediu a Vinicius de Moraes compor uma música para ele. Ou ainda a maneira como escolheu o seu nome artístico na Itália. E também a rejeição pela Globo, que mais tarde o chamou para um programa musical.

A diretora Joana  Mariani conheceu o cantor no começo dos anos 2000, durante as filmagens do clipe da música Tenho, dirigido por Pedro Becker e no qual assina como diretora assistente. A partir daí, ela nunca mais perdeu contato com o artista e sua família. “A cada encontro, as histórias de vida, das experiências e ‘causos’ contados por ele fascinavam a todos. Sidney Magalhães é uma figura deliciosa. É muito diferente da personagem que ele criou para sua vida artística, o Sidney Magal”, conta a cineasta.

A entrevista

O documentário diverte, tem vários momentos da carreira do artista. Tem vários números musicais e propicia a oportunidade de conhecer o ídolo mais de perto. É especialmente interessante como um estudo de uma época muito diferente da que vivemos hoje. Eu tive a oportunidade de conversar com Magal e com Joana. Veja a entrevista aqui:

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

O povo de Hollywood fez a festa em Nova York na entrega do Tony, o prêmio maior do teatro. Nessa edição de 2024, The...

Premiações

Os Tony Awards 2024, principal prêmio do teatro mundial, acontecem no próximo domingo, dia 16 de junho, em Nova York. A cerimônia, que será...

Streaming

A comédia romântica Puppy Love estreou há pouco tempo na Prime Video, e chegou a ser o filme mais visto do serviço. Conta a...

Cinema

Praticamente toda a semana estreia algum filme de terror nos cinemas. E a maioria é bem esquecível. A Semente do Mal , que chegou...

Streaming

Bridgerton é uma daquelas séries que eu separo sempre um dia para maratonar e embarcar totalmente na história. Não foi diferente com a Parte...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Muita gente deve se lembrar do filme Avassaladoras, com Giovanna Antonelli. Era uma comédia romântica lá de 2002, que fez muito sucesso nos cinemas...

Cinema

Desde menina adoro as canções de Sidney Magal. E mesmo hoje é impossível não querer sair dançando ao som de Sandra Rosa Madalena, Meu...

Cinema

A música Evidências é uma daquelas raras unanimidades. Mesmo que não goste do estilo dela, com certeza você cantarola de vez em quando, isso...

Cinema

O gênero suspense psicológico, que já rendeu tantos clássicos no cinema americano, não é muito popular entre os diretores brasileiros. Por isso foi uma...

Cinema

A data para o lançamento de Apaixonada no cinema é bem fácil de entender. O filme chega nessa 5ª nos cinemas, ou seja, na...

Streaming

E impossível pensar hoje no impacto que We are the World teve nas pessoas em sua época. Foi um tempo sem internet, sem celular,...

Cinema

É estranho pensar que já faz mais de 25 anos que aconteceu o acidente que matou os Mamonas Assassinas. E pensar que hoje em...

Cinema

A gente já viu um monte de filmes de Hollywood sobre sequestros de aviões. Alguns baseados em histórias reais, como emocionante e aterrador Voo...