fbpx

Mais uma bela interpretação de Julianne Moore em Amor por Direito

 data-srcset

Amor por Direito é o primeiro filme estrelado por Julianne Moore depois que ela ganhou seu Oscar de melhor atriz com Para Sempre Alice no ano passado. É óbvio o que motivou seu interesse, uma história real e forte, um personagem com uma doença grave e ainda um tema atual que com certeza renderia muita visibilidade e, quem sabe uma nova indicação para o Oscar. Infelizmente a última parte do plano não deu certo. O filme, que estreou esta semana nos cinemas, não teve a recepção esperada em sua estreia nos Estados Unidos. Seu único prêmio importante foi o de melhor filme no Festival de San Sebastian. O filme pode não ser diferente o suficiente para ser premiado, mas confesso que embarquei na história, e ela teve momentos que realmente me emocionaram.

Tudo é baseado em uma história verdadeira. Laurel Hester, uma tenente da polícia de Nova Jersey, se apaixona por Stacie Andree, uma jovem mecânica. As duas resolvem se unir com um contrato e compram uma casa juntas. Só que Laurel sempre teme que as pessoas com quem trabalha na polícia possam não compreender, e por consequência, não respeitá-la mais por causa de sua opção sexual.  Quando ela é diagnosticada com câncer terminal, as duas terão que batalhar com os legisladores da cidade para assegurar que Stacie possa receber os benefícios da pensão de Hailee como policial. Mas as duas terão alguns apoios quase improváveis em sua luta, como por exemplo, a ajuda inesperada de Steven Goldstein, líder local dos direitos LGBT.

Devido ao seu tema que ainda pode ser incômodo para muita gente, não era de se esperar que Amor por Direito alcançasse grande números na bilheteria. Só que a crítica também não foi muito simpática ao filme. Pena, pois o tema é importante, a história é bem contada, e tem um elenco muito forte. Além de Julianne e Ellen Page nos papéis principais, o filme ainda tem Michael Shannon, Steve Carell, Josh Charles e vários outros. Julianne, como sempre, faz valer qualquer filme, é uma atriz sempre especial. Já Ellen Page ainda tem que me convencer como boa atriz. Mas ela esteve envolvida desde o início nesse projeto, e ajudou a lutar para que ele fosse realizado. Isso já vale bastante. Veja durante a exibição dos créditos as fotos da Laurel e Stacie reais. Impossível não se emocionar.

 style
 style

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *