fbpx

Madonna faz 60! Veja aqui seus melhores momentos como atriz!

Madonna é uma personalidade única do mundo do entretenimento. Completou hoje 60 anos sempre se reinventando, e sempre “sem vergonha na cara”. Admiro muito. Dancei muito ao som de suas músicas quando era adolescente, vi Na Cama com Madonna, e apesar de hoje em dia não gostar mais tanto de seu estilo musical, admiro muito suas qualidades de showwoman.  Mas, na verdade, minha homenagem a ela vem com meus momentos favoritos da diva nos cinemas. Sim, porque eu gosto bastante de Madonna como atriz. Verdade! Veja abaixo:

  • Evita (1996)

É claro que é preciso começar com sua melhor atuação! Madonna lutou muito para fazer a versão cinematográfica de Evita, dirigida Alan Parker. Frequentou aulas de canto, e nunca esteve tão bem como aqui, num papel que inicialmente foi imaginado para Barbra Streisand, Liza Minelli, Meryl Streep e Michelle Pfeiffer, dependendo do diretor que estivesse ligado ao projeto. Sua atuação foi premiada com o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Filme Dramático. Sua interpretação de Don’t Cry for Me, Argentina me emociona até hoje!

  • Uma Equipe muito Especial (1992)

Aqui Madonna era uma bela coadjuvante de luxo. Os astros mesmo eram Tom Hanks, Geena Davis e Lory Petty (Orange is the New Black). Mas ela parece estar se divertindo muito fazendo uma jogadora de baseball super sexy, e também boa de bola no time feminino que foi criado durante a II Guerra Mundial.

  • Procura-se Susan Desesperadamente (1985)

Esse foi o primeiro filme importante de Madonna. Ela é a Susan do título, uma mulher de espírito livre, que se torna a obsessão de uma dona de casa chamada Roberta (Rosanna Arquette)depois que esta vê um anúncio no jornal Procura-se Susan Desesperadamente. O problema é quando Roberta sofre uma amnésia e acha que é Susan. O filme foi um sucesso na época. O estilo de Susan e de Madonna eram iguais. Difícil dizer onde começava a atriz e terminava o personagem.

  • Dick Tracy (1990)

Imagine como Madonna deve ter se divertido ao ler que o nome da personagem era Breathless Mahoney! Rs! Ela é a dama fatal da história do famoso detetive dos quadrinhos, Dick Tracy. Warren Beatty, que era o ator principal e diretor do filme, teve um romance com ela  que durou pouco mais de um ano. Mas ele queria casar e ela disse não! Ela cantou a música Sooner or Later no Oscar daquele ano, e o vídeo passou para a história porque ela tremia muito de nervoso.

  • Olhos de Serpente ( 1993)

Olhos de Serpente não pode ser considerado um bom filme. Tem problemas de edição e a história e torna pesada demais em diversos momentos. Foi um grande fracasso de bilheteria, mas tem outra das melhores interpretações de Madonna em sua carreira. Aqui ela é Sarah, uma atriz estrelando um filme chamado “A Mãe dos Espelhos”. Durante as filmagens ela  sofre todo o tipo de pressão psicológica por parte do diretor Eddie Israel (Harvey Keitel). A direção é de Abel Ferrara.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *