fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Helen Mirren tem mais uma brilhante atuação em Golda: A Mulher de uma Nação

Talvez hoje pouca gente se lembre de Golda Meir, que foi a primeira-ministra de Israel em uma época difícil, durante a guerra do Yom Kippur. Lembro-me dela quando era menina, uma senhorinha bem velha – e não poderia imaginar na época a força, a determinação e o poder dessa mulher. Isso lá nos anos 70, o que significa mais ainda. Lembro-me também de um filme  de 1982 com Ingrid Bergman chamado Uma Mulher chamada Golda, que lhe rendeu o Emmy de atriz. Agora, outra grande atriz personifica Golda Meir em um filme, que chega esta semana aos cinemas. Helen Mirren tem mais um papel forte de uma mulher importante da história – como em A Rainha – em Golda – A Mulher de uma Nação. Entretanto, o filme poderia ser uma homenagem melhor tanto à Golda quanto para o talento de Helen.

A primeira-ministra israelense Golda Meir (Helen Mirren), também conhecida como a “Dama de Ferro de Israel”, deve tomar decisões extremamente importantes. Ela é a responsável pela segurança de seu país em 1973, quando Egito, Síria e Jordânia lançaram um ataque surpresa contra Israel em seu dia santo. Durante a Guerra do Yom Kippur, as dos habitantes de seu país são de sua responsabilidade.

O que achei?

O filme é contado em flashback por Golda a juízes que investigam se suas ações foram corretas durante a guerra.  É quando ela detalha todos os acontecimentos imediatamente anteriores, e ainda todas as ações  que aconteceram durante e após a guerra de 19 dias. Não há cenas de guerra, somente podem se ouvir gritos num transmissor. Tudo se passa nos bastidores políticos, com Golda interagindo com seus assessores e ministros mais próximos. O problema é que logo isso se torna repetitivo e cansativo. Há um grande peso sobre as costas de Golda, especialmente o das vidas perdidas –  e a possibilidade de que seu país seja dominado pelos invasores árabes.

O filme ainda mostra a luta de Golda em seu tratamento de saúde, o que lhe provoca também pesadelos terríveis (mostrados para o público). Mas nada que fosse suficiente para que ela deixasse o vício do cigarro. A quantidade de cigarros que ela acende no filme é absurda – chega a incomodar.

Helen Mirren

Nesse ponto, há o triunfo do filme que é a atuação de Helen Mirren. Sempre uma atriz sensacional, ela atua sob uma pesada maquiagem. Mas, mesmo assim, é possível sentir todas as nuances de sua atuação. Repare nas cenas em que a câmera focaliza em Golda andando. A mudança física de Helen para o papel é sensacional.  O interessante é que não houve reclamações a respeito da prótese do nariz que Helen usa, ao contrário do que aconteceu com Bradley Cooper. Será que porque Golda é um filme menor, ou porque se trata de uma mulher mais velha? Fiquei curiosa pelos “dois pesos e duas medidas”.

As melhores cenas do filme são as de Golda com o secretário de estado americano Henry Kissinger. Feito por Liev Schreiber (que tem provavelmente o dobro de altura do Kissinger real, rsrs), as cenas mostram um relacionamento interessantíssimo. São nas cenas com Kissinger que é possível ver a grande estadista que Golda Meir era. É pouco. Merecia mais.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Premiações

Acredito que todos esses eventos da Temporada de Premiações precisam se reinventar. O politicamente correto acaba se tornando mais importante do que a melhor...

Moda

Normalmente, eu acho que é no SAG Awards que as atrizes estão mais elegantes. Não foi diferente dessa vez. Claro, há sempre os “erros...

Streaming

Eu tentei ver o primeiro episódio de Glamorous, que está na Netflix, mas achei tudo muito chato. Assim, desisti. Mas o meu amigo José...

Premiações

Neste sábado, dia 24, vai acontecer o SAG Awards 2024. Para quem não sabe, o SAG Awards é o prêmio do Sindicato dos Atores,...

Cinema

Antes da pandemia, em 2019, todo mundo estava falando sobre um “jogo” chamado Baleia Azul. Ele era um conjunto de 50 desafios diários e...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Kenneth Branagh é obviamente um apaixonado pelo personagem Hercule Poirot, o detetive dos livros de Agatha Christie. Já o interpretou e dirigiu dois filmes...

Cinema

depois de muitos adiamentos por causa da pandemia, finalmente chega aos cinemas nesta quinta Velozes e Furiosos 10. É incrível que essa saga que...

Cinema

Já que deu um tilt no servidor, agora tenho que reescrever as críticas de Shazam: Fúria dos Deuses e também de O Estrangulador de...

Streaming

Eu já escrevi aqui sobre o universo de Yellowstone, que está se expandindo devido ao enorme sucesso da série. Para quem não conhece, se...

Streaming

Uma coisa que me impressiona é a energia de Harrison Ford aos 80 anos. Há pouco tempo anunciaram que ele ia assumir o papel...

Premiações

Hoje foi dia do prêmio mais charmoso da temporada, o SAG Awards. Pena que a TNT mais uma vez optou em não exibir aqui...

Streaming

Ray Donovan teve sete temporadas. E durante esse tempo teve várias indicações a prêmios, além de uma legião de fãs apaixonada. O fim da...

Moda

Em 2020, o Festival de Veneza aconteceu, mas eram poucas as grandes estrelas presentes. Este ano, a coisa promete ser diferente. Mesmo com o...