fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Feliz aniversário, Jennifer Lawrence!

É isso mesmo! A atriz que sacudiu Hollywood, já tem um Oscar na mão, duas franquias de grande sucesso  e um jeito muito divertido em todas as suas entrevistas, está completando hoje (dia 15) 24 aninhos. Parece que ela já está por aí há tanto tempo não? Na verdade, sim. Jennifer começou sua carreira há 10 anos. Foi quando saiu de sua cidade natal, Louisville, no interior do Estados Unidos, para passar as férias em Nova York, onde conseguiu alguns trabalhos como modelo e até em comerciais. A família então se mudou para Los Angeles para que ela pudesse realmente investir na carreira. Em 2006, fez sua estreia como atriz num episódio da série Monk.

Várias participações se seguiram até que ela conseguiu um papel central numa série chamada The Bill Engvall Show, que durou três temporadas. Na mesma época , começou a chamar atenção com um filme interessantíssimo chamado The Poker House. Mas o sucesso veio  com uma pequena produção independente chamada Inverno da Alma. Pessoalmente não gosto muito do filme, que acho longo e arrastado, mas a atuação de Jennifer conseguiu uma projeção inesperada para um filme com um orçamento mínimo.  O engraçado é que ela havia sido inicialmente recusada para o papel principal “por ser muito bonita”.  Determinada como sempre, Jennifer voou durante a noite inteira até Nova York e correu por 13 quadras para chegar até o escritório responsável pela escolha do elenco. Com o nariz escorrendo e o cabelo sujo, ela fez um novo teste e foi a escolhida. Com isso, aos 20 anos, recebeu sua primeira indicação ao Oscar como melhor atriz.

Antes de embarcar em sua primeira superprodução, Jennifer ainda foi dirigida por outra garota-prodígio, Jodie Foster, no filme que ela fez para o amigo, Mel Gibson num momento difícil de sua carreira, Um Novo Despertar. Era a preparação para assumir o papel de Mystique em X-Men: Primeira Classe, originalmente criado por Rebecca Romjim. O enorme sucesso foi seguido de outro. Ela foi escolhida para ser Katniss Everdeen, a heroína dos best-sellers da série Jogos Vorazes. Várias atrizes foram consideradas para o papel como Chloe Grace Moretz, Abigail Breslin, Hailee Stainfield, Lindsy Fonseca, Emma Roberts e até Shailene Woodley. Mas quando Jennifer foi escolhida, ela acabou desistindo de filmar Selvagens, de Oliver Stone. O papel acabou indo para Blake Lively.

Após participar do início de duas franquias de enorme sucesso, veio O Lado Bom da Vida – dirigido por David O. Russell –  e seu Oscar de melhor atriz. Ela se tornou a segunda atriz mais jovem a ganhar o prêmio na categoria (Marlee Matlin ganhou com 21). Este ano ela já teve dois grande triunfos. Primeiro, uma nova indicação ao Oscar,  desta vez como coadjuvante, pelo ótimo Trapaça, novamente dirigida por Russell. E logo depois, quando seu personagem em X- Men: Dias de um Futuro Esquecido virou praticamente o protagonista do filme, ao lado do Wolverine, de Hugh Jackman.

Em novembro, mais uma aventura de Katniss Everdeen chega aos cinemas- Jogos Vorazes: A Esperança Parte 1 –  para com certeza explodir na bilheteria novamente. Só que ela não pára por aí (como essa menina trabalha!). De agora até 2016, outros quatro filmes da atriz vão estrear nos cinemas. A última parte de Jogos Vorazes, o drama Serena ( repetindo o par romântico de O Lado Bom da Vida com Bradley Cooper), mais um X-Men e um novo filme dirigido por Russell chamado Joy.

Ufa! Parabéns pra ela!

1 Comentário

1 Comentário

  1. Liliane Coelho

    17 de agosto de 2014 às 12:19 am

    Acredite em mim, quando a vi em “Inverno da Alma” pensei “nossa, algum produtor precisa achar essa menina”. Até então, ela não conseguiu repetir a mesma força e sobriedade de sua atuação nesse pequeno grande filme independente, apesar dos ótimos momentos nos X-Men e nas parcerias com O. Russel, mas continua talentosa e linda. Acho que ela fará mesmo uma bela carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Streaming

Glen Powell é o cara que está em todas. Só nesse ano, teve três filmes super comentados. Todos Menos Você, Assassino por Acaso e...

Cinema

Um de meus filmes favoritos de desastre (um gênero que gosto muito) é Twister, de 1996. Acho que tem um roteiro arrumadinho, que consegue...

Cinema

As comédias românticas encontraram uma casa – e um público fiel – no streaming . Por isso, é interessante – e uma bem-vinda surpresa ...

Cinema

Já começo avisando que Maxxxine é a parte final de uma trilogia. Apesar de ter sido filmado em ordem diferente, cronologicamente ele começa com Pearl(...

Você também pode gostar de ler

Moda

É sempre difícil escolher os looks mais marcantes do ano. Sejam os melhores ou os piores, rsrs. Mas aqui estão os meus preferidos entre...

Streaming

Eu já consegui ver todos os indicados ao Oscar de ator coadjuvante. Barry Keoghan e Brendan Gleeson, por Os Banshees de Inisherim, Judd Hirsch...

Streaming

A gente sabe que Jennifer Lawrence normalmente fala o que lhe vem à cabeça. Em entrevista recente, por exemplo, ela disse que a cantora...

Moda

O Festival de Cinema de Londres termina neste domingo. E teve a presença de várias estrelas, que, como sempre, arrasaram no red carpet. Como...

Cinema

David O. Russell dirigiu um filme que eu adoro chamado Trapaça (está no Paramount Plus). Concorreu a 10 Oscars, mas acabou levando zero para...

Cinema

Depois de um Oscar e vários filmes no mesmo ano, Jennifer Lawrence resolveu dar um tempo. Casou, teve um filho, mas parece que agora...

Streaming

A concorrência entre os streamings está cada vez mais acirrada. Todo mundo buscando conteúdos para atrair a atenção – e o dinheiro – do...

Streaming

Sou fã dos filmes de Adam McKay. Adoro seu humor ácido, direto e principalmente que não usa meias palavras para criticar os poderosos. Tanto...