fbpx

Feliz aniversário, Diane Keaton!

Lembro-me que minha primeira lembrança com Diane Keaton não foi muito boa. Quando ela ganhou seu Oscar por Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, fiquei chateada, pois torcia por Marsha Mason em A Garota do Adeus. Ainda menina, não tinha idade para gostar dos filmes de Woody Allen. Revendo os dois filmes hoje em dia, ainda acho que Marsha é melhor, mas o Oscar obviamente não ficou em mãos erradas. A carreira de Diane Keaton, que completa hoje (5) 70 anos, teve grandes interpretações, momentos inesquecíveis, além de até ser divertida de ver, com todos os seus romances com companheiros de elenco.

Sim, pois seu romance muito conhecido com Woody Allen, acabou transcendendo a vida real e lhe proporcionou boas oportunidades no cinema- Manhattan, O Dorminhoco, Interiores, A Última Noite de Boris Grushenko e até um de meus favoritos do diretor, Sonhos de um Sedutor . Os dois continuaram amigos mesmo depois que terminaram. Ela chegou a fazer uma bela aparição cantando em A Era do Rádio, quando Allen já estava casado com Mia Farrow. Teve também Warren Beatty, que a dirigiu em uma de suas melhores atuações em Reds, que lhe valeu uma nova indicação ao Oscar . Isso sem contar suas idas e vindas com Al Pacino durante os anos 70 e 80, quando filmaram os três O Poderoso Chefão.

Diane sempre foi também um ícone fashion, não se submetendo a saltos finos e vestidos com brilhos. Criou para si um look andrógino, que usou muito em Noivo Neurótico... e que usou de maneira horrorosa quando subiu ao palco para receber o Oscar. Mas tudo bem, afinal, aqueles eram os anos 70…

Quando resolvi escrever essa homenagem, não queria fazer uma retrospectiva de carreira certinha, afinal, esse não é o estilo de Diane. Então, resolvi falar sobre meus cinco momentos inesquecíveis com a atriz. Dê uma olhadinha:

Presente de Grego (1987)

A maioria das pessoas pode nem lembrar desse filme. Era uma comediazinha romântica sem compromissos, onde Diane era um executiva que tem que se mudar para a uma cidade pequena, já que tem que cuidar de uma fofíssima bebezinha, sem ter o menor talento para a coisa. E por que razão ele me marcou? Além da óbvia identificação com a personagem, Presente de Grego foi o tema de uma de minhas primeiras matérias longas, que escrevi para a antiga revista Classe News, com o título de “Filhos, antes vê-los do que tê-los”. Lembro-me perfeitamente da emoção de ver meu nome ao lado da foto abaixo de Diane Keaton. Simplesmente inesquecível!

Um Misterioso Assassinato em Manhattan (1993)

Diane e Woody não estavam mais juntos quando fizeram este filme. Aliás, foi logo depois do primeiro escândalo com Mia Farrow, quando ele resolveu ficar com a enteada. Como boa amiga, Diane se juntou a ele para este que, creio, é um dos mais divertidos do diretor. Numa clara homenagem a Hitchcock e  a Janela Indiscreta, Diane e Woody são um casal que acredita que sua vizinha da frente foi assassinada pelo marido e resolve investigar. Muuuito bom!

O Clube das Desquitadas (1996)

O motivo deste filme ter me marcado é esta música no final. Depois de buscarem vingança contra os ex-maridos, que as trocaram por mulheres mais novas, as personagens de Diane, Bette Midler e Goldie Hawn dão a volta por cima cantando You don’t own me. Símbolo de girl, ou melhor, ladies power!

Alguém tem que Ceder (2003)

Aqui Diane está como o diabo gosta. Sendo disputada por Jack Nicholson e Keanu Reeves (lembre-se que o filme tem mais de 10 anos…).  Ela tinha quase 60, mas continuava linda, com direito até a uma breve cena de nudez ( também teve sua última indicação ao Oscar e ganhou o Globo de Ouro). É fácil entender a razão dos dois estarem com essas caras de apaixonados (e os garçons também…)

Tudo em Família (2005)

Adoro um bom filme de Natal, com todos os seus dramas e situações divertidas. Tudo em Família, que não teve grandes números de bilheteria, é um de meus preferidos. Me faz dar muita risada, mas no final… é de morrer de chorar. Diane, como a matriarca da família, está tão doce…

Parabéns, Diane Keaton!

Existem 1 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *