fbpx

Feliz aniversário, Demi Moore!

Ela continua linda, apesar de um pouco magra demais! Passou pelo fim de um casamento que a deixou desesperada na frente do mundo inteiro.Sua carreira vem enfrentando aquele momento difícil das grandes estrelas que começaram a envelhecer. Demi Moore, que já chegou a  ser a atriz mais bem paga de Hollywood, completa hoje (11) 52 anos. Depois do período depressivo com o fim do casamento de Ashton Kutcher, ela voltou a trabalhar e tem dois filmes em fase de pós-produção: Forsaken, um faroeste com Kiefer e Donald Sutherland, e Wild Oats, com direção de Andy Tennant, ao lado de Jessica Lange e Shirley MacLaine (já imaginou esse trio junto? Já estou na fila do cinema…)

Quando trabalhava no mercado de home entertainment, lancei vários filmes estrelados por Demi. Apesar dela ter sido votada algumas vezes como pior atriz do ano com o Framboesa de Ouro, sempre gostei de vê-la na tela. Para celebrar seu aniversário, aí vai minha homenagem com meus momentos favoritos da estrela:

O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas (1985)

Assisti esse filme no último ano da faculdade e me marcou para sempre. Demi era Jules, na minha opinião, o personagem mais marcante da história (o papel foi recusado por Jodie Foster e Tatum O’Neal). Na época, Demi tinha um problema com drogas, mais ou menos como sua personagem. Diz a lenda que um dia, o diretor Joel Schumacher a mandou embora porque ela estava muito “chapada”. Ela acabou fazendo um programa de reabilitação para poder completar o papel.

Demi e Andrew McCarthy

A Sétima Profecia (1988)

Quando estrelou esse filme sobre o fim do mundo, Demi estava grávida de sua primeira filha com Bruce Willis, Rumer.  Todo mundo fala mal dele mas eu gosto desse drama de ficção religioso e apocalíptico sobre uma mulher grávida que começa a perceber que o fim do mundo está próximo e isso pode ter algo a ver com a criança que ela está esperando.

Com Jurgen Prochnow e Michael Bihen

Ghost- Do Outro Lado da Vida (1990)

Lembro-me de ter assistido esse filme sozinha no cinema (deu até medo!). Foi um enorme sucesso de bilheteria e Demi está maravilhosa como Molly, uma mulher cujo marido (Patrick Swayze) é assassinado. Mas continua por perto, para ficar ao lado dela. Várias atrizes foram testadas e/ou consideradas para o papel. Michelle Pfeiffer, Nicole Kidman, Kathleen Turner, Kim Basinger, Debra Winger, Geena Davis, Molly Ringwald, Meg Ryan, Jennifer Jason Leigh e até Madonna (não dá pra imaginar, né?). A lenda é que Demi conseguiu o papel porque conseguia chorar com a maior facilidade (rs). O Telecine Touch homenageia Demi exibindo o filme hoje (11) às 22 horas.

A Letra Escarlate (1995)

O filme foi massacrado quando estreou nos Estados Unidos, sendo inclusive considerado um dos piores do ano. Mal humor da época. Talvez porque o livro é um clássico americano e os produtores mudaram o final. Mas como entretenimento sem compromisso, o filme é muito bem feito e Demi e Gary Oldman como o casal adúltero, tem uma química incrível. Vale a pena conhecer  .

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *