fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Elvis e Nixon está nos cinemas e é bom demais!

Sou fã de Elvis Presley. Vi todos os seus filmes, tenho várias de suas canções no meu telefone e cheguei mesmo a visitar a casa onde ele viveu, Graceland, numa viagem aos Estados Unidos. E, é claro que fiquei bem interessada ao saber que estavam produzindo um filme sobre o encontro do The King com o presidente dos Estados Unidos na época, Richard Nixon. Quando cheguei na sala de cinema para ver Elvis e Nixon, pensei que encontraria um drama, do tipo Frost/Nixon. Mas não, encontrei um filme divertido, com fantásticas interpretações, que me fizeram sair do cinema com um sorriso no rosto.  O filme estreou ontem nos cinemas e você tem que ver!

Tudo começa em dezembro de 1970, quando Elvis resolveu sair de sua mansão e ir até Washington para falar com o homem mais poderoso do mundo na época, o Presidente Richard Nixon. Ele simplesmente chega na porta da Casa Branca e, vestido com seu jeito característico, entrega uma carta para os chocados seguranças, falando sobre o assunto “muito importante” que tem a discutir com o presidente. Só que os assessores do presidente veem nessa situação surpreendente uma forma de popularizar Nixon, já que Elvis era o mais famoso artista da época.

Ninguém sabe até hoje sobre o que essas duas personalidades tão diferentes conversaram no encontro que aconteceu de verdade. A foto de ambos é a mais pedida até hoje no Arquivo Nacional do Estados Unidos. Toda a situação do encontro é uma liberdade poética dos roteiristas. Mas que, pensando bem, conhecendo a história desses dois poderia até ser verdadeira.

O filme é produzido pelo ator Cary Elwes (de A Princesa Prometida), e tem várias participações especiais. Logo no início já aparece a estrela de Pretty Little Liars, Ashley Benson, como a atendente do aeroporto; Tate Donovan, Colin Hanks e o fofo Evan Peters são do staff de Nixon; Johnny Knoxville (de Jackass) e o canastrão Alex Pettyfer, que tem até uma historinha paralela, que seria totalmente dispensável, são os amigos de Elvis, conhecidos como a Máfia de Memphis.

Mas o filme pertence a dupla do título. Elvis é interpretado por Michael Shannon. Nunca gostei muito do ator, sempre achei exagerado, mas a atuação dele com Elvis é brilhante. Ele não é parecido (longe disso), mas a forma de falar e de andar, é perfeita. Já Kevin Spacey aparentemente se divertiu demais fazendo um Nixon cheio de trejeitos e expressões. E o público também!

 

 

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler

Séries

A série Mare of Easttown já atraiu a minha atenção desde o início por ter Kate Winslet no papel principal. Sempre digo que ela...

Séries

Kate Winslet é uma de minhas atrizes favoritas. Para mim, ela e Charlize Theron são aquelas que ficam bem em qualquer papel, e ainda...

Cinema

Foi Apenas um Sonho está entre aqueles filmes que inexplicavelmente deixei para trás. Nenhuma razão especial, até porque ganhei o DVD, que está por...

Séries

Eu já tinha ouvido falar dos livros sobre as aventuras do jovem agente secreto Alex Rider, mas não conhecia direito. Também não vi o...

Cinema

Crime e Desejo foi feito há um bom tempo! É uma produção de 2017, quando Emilia Clarke estava no auge de seu momento como...

Séries

No dia em que estreia na Netflix a nova série de Ryan Murphy, Ratched, achei interessante colocar aqui também esse texto de meu amigo...

Gossip

Nesses tempos, agente não pára de receber notícias tristes. Nesse domingo(12), foi anunciado que Benjamin Keough, filho de Lisa Marie Presley, e neto de...

Gossip

Eu estava entre aquelas que achava que mais cedo ou mais tarde Emma Roberts e Evan Peters acabariam retomando a relação que teve um...