fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Elle Fanning arrasa em Espírito Jovem

Nos tempos recentes, vários realities de música alcançaram um enorme sucesso. The Voice, American Idol, The X Factor, American’s Got Talent. Neles, pessoas desconhecidas buscam a grande chance de conseguir se sobressair no mundo da música. Esse também é o princípio de Espírito Jovem, que estreou essa semana nos cinemas, com Elle Fanning no papel principal. Não é um filme fácil, cor de rosa, onde tudo se encaixa perfeitamente para a protagonista ter uma vida de luxo e riqueza. Aqui, as coisas são um pouco mais complicadas.

Violet é uma adolescente tímida que fora numa pequena ilha da Inglaterra. Ela vive sozinha com a mãe, trabalha muito e  canta ocasionalmente em um bar onde é garçonete. Quando uma etapa do reality Espírito Jovem chega à cidade, ela resolve se inscrever com a ajuda de um improvável mentor. Conforme as etapas vão passando , Violet vai vivendo momentos que vão testar sua integridade, talento e ambição.

O diretor e o filme

O filme, que tem os mesmos produtores de La La Land, é a estreia de Max Minghela como diretor. Filho do premiado Anthony Minghela, Max já era conhecido como ator, de séries como Projeto Mindy e The Handmaid’s Tale (O Conto da Aia). Nessa última, ele faz o papel de Nick Blaine. Foi Max também que escreveu o roteiro de Espírito Jovem. E resolveu contar uma história que a gente viu milhares de vezes, desde os anos 30, com Rua 42, até Flashdance, Nasce uma Estrela e a série Glee. Só que ele conseguiu dar uma roupagem nova, mais dramática, que funciona para quem gosta do gênero. Entretanto, como eu já disse antes, o filme não é fácil, nem para todos os públicos. Nos Estados Unidos ficou restrito a festivais (estreou em Toronto), e teve um daqueles “lançamentos secretos” nos cinemas.

Mas eu gostei  do clima, da fotografia, da maneira como o roteiro se desenrola. Afinal, adoro essas histórias sobre gente talentosa que finalmente consegue o reconhecimento. Meu coração é eternamente adolescente, rs. Também gostei dos personagens. Nenhum deles é certinho. Todos convivem com vários conflitos e fraquezas, o que faz com que suas conquistas sejam ainda mais importantes. A química entre o ator croata Zlatki Buric (dos três  filmes dinamarqueses da franquia Pusher) e Elle Fanning é improvável e ótima. Aliás, Elle , que parece que filma sem parar, está ótima. Ela deixa claro seus medos, sua timidez, e sua força interior. E ainda, como canta! Quem suspeitaria que ela, além de ser boa atriz, ainda cantaria daquele jeito? Dá até vontade de ver o filme novamente.

Fotos de divulgação

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

A gente já viu essa história muitas vezes. O romance improvável entre estudantes ricos e pobres numa escola para milionários. Recentemente Elite fez muito...

Streaming

Houve um tempo em que Renny Harlin dirigiu grandes filmes de ação. É o caso de Risco Total e Duro de Matar 2, por...

Streaming

Eu não conhecia o romance Um Cavalheiro em Moscou. Mas me interessei pela adaptação na série do mesmo nome, que estreou ontem (17) no...

Cinema

Filmes de fantasia, que pretendem atingir crianças e adultos, podem acertar no tom, ou não. Várias versões erraram no tom. É o caso de...

Streaming

Bridgerton é uma delícia. Gosto muito das duas primeiras temporadas. A primeira tem cenas bem quentes, a segunda é mais sensual, com um jogo...

Você também pode gostar de ler

Cinema

Os filmes do Monsterverse da Warner tem níveis bem diferentes de qualidade. Alguns podem ser bem ruins, como Godzilla : Rei dos Monstros. Outros...

Moda

Ainda na semana passada eu postei no Instagram a foto de Elle Fanning num lindo vestido verde, promovendo o perfume Fame, de Paco Rabanne....

Moda

Normalmente, eu faça todos os anos uma lista de 10 looks mais incríveis do ano. Entretanto, em 2022 tivemos a volta do red carpet...

Moda

Vivienne Westwood criou um estilo todo próprio em suas criações de moda. Ficou famosa com os controversos modelos de estilos punk e new wave na década...

Cinema

David O. Russell dirigiu um filme que eu adoro chamado Trapaça (está no Paramount Plus). Concorreu a 10 Oscars, mas acabou levando zero para...

Cinema

Você com certeza já ouviu falar das fofocas de bastidores de Não se Preocupe, Querida. O filme, que estreia nessa quinta nos cinemas brasileiros,...

Streaming

Rock in Rio à toda, e como eu gosto de rock, mas não gosto de muvuca, aqui vão as minhas sugestões de filmes que...

Streaming

As séries de true crime vem obtendo um enorme sucesso. Para quem não sabe, são minisséries que abordam crimes reais que aconteceram em geral...