fbpx

…e Grease Live! aconteceu!

Quando foi anunciado que a Fox faria Grease ao vivo – Grease Live – na TV americana, tive sentimentos dúbios. Primeiro porque sou muito fã do filme (que, sim, vi 49 vezes só no cinema), mas também porque  havia gostado muito da homenagem – Glease – que foi feita num episódio de Glee (como não amar?). Então e se eles estragassem tudo? Mas de qualquer maneira, a expectativa de ver uma história tão querida de volta às redes sociais, sendo acessível a uma nova geração,  me fez ficar curiosa e entusiasmada. Afinal, no que diz respeito à Grease, acho que vou ser sempre aquela menina que se deslumbrou no cinema aos 12 anos. Impossível ter a distância para criticar qualquer coisa.

O especial foi exibido ontem (31) na TV americana (ainda não há previsão para o Brasil) e foi extremamente elogiado. Tudo o que vi me impressionou bastante, especialmente o trabalho do diretor Thomas Kail, que veio, é claro, da Broadway. É claro que nunca vai fazer as pessoas (e eu principalmente) esquecerem o original, uma bobagem deliciosa, com músicas inesquecíveis, e um momento incrível de John Travolta, que consolidou sua carreira de astro.

TV Review: Hopelessly Devoted to 'Grease

Mas devo dizer que, apesar de não ser um John Travolta, Aaron Tveit saiu melhor do que eu esperava. Julianne Hough é uma graça nas cenas da doce Sandy mas deixa um pouco a desejar na sexy Sandy (o que me surpreendeu). Minha grande surpresa foi com Carly Jae Rempsey como Frenchy,  não só com seu solo numa música que não existe no filme, All I need is an angel,  como em Beauty School Dropout. 

Veja aqui alguns dos melhores músicos musicais, enquanto o especial completo não chega:

Summer Nights é sempre uma delícia, o primeiro grande número da história. Gostei especialmente como eles dividiram os espaços e o final dos dois lado a lado. Belo trabalho de câmera!

https://www.youtube.com/watch?v=nxWJVSOyPlk

Senti falta de Rizzo (Vanessa Hudgens) perto das fotos quando fala de Elvis , Troy Donahue etc. Mas tudo bem, ela foi muito bem em Look at me I’m Sandra Dee…

https://www.youtube.com/watch?v=_6TVMkvkjAI

 Hopelessly devoted to you foi a única música do filme que concorreu ao Oscar. E Julianne Hough tem um belo momento aqui. Pena que há alguma interferência, que aconteceu mesmo na exibição, afinal era Grease Live!

https://www.youtube.com/watch?v=gBTnVLCl_3s

Adorei a inovação de transformar o anjo em três com o grupo Boyz II men em Beauty School Dropout. Ficou divertido e o arranjo ótimo.

https://www.youtube.com/watch?v=C8Bo7aB-vSU

Qual menina que viu Grease que não se apaixonou por John Travolta, tão sexy, cantando Greased Lightning?  Aqui Aaron Tveit  não inspira tudo isso, mas o número e´cheio de energia e com uma ótima coreografia captada por um excelente trabalho de câmera, que não foi deixada estática como em outros projetos similares.

https://www.youtube.com/watch?v=e9s9_a1-oXo

Depois que fiquei adulta, essa passou a ser a minha canção favorita de Grease: There are worse things I could do. Vanessa Hudgens arrasa como Rizzo!

https://www.youtube.com/watch?v=wKsXNyb44Jw

Até entendo os problemas técnicos que levaram à dublagem de You are the One that I want. Mas, o momento que eu mais adoro no filme original,  virou o mais fraco de Grease Live!.

https://www.youtube.com/watch?v=F7b1hJvSmUQ

Em compensação, adorei a solução de sair de dentro do estúdio e levar toda a festa para uma praça. Brilhante!!

https://www.youtube.com/watch?v=j7-KRfULhoE

Só que mesmo tantos anos depois, nada supera estes dois. Eu estava lá em 2002, eu vi, e confesso que chorei de emoção!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *