fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Dois filmes para evitar na Netflix!

A Netflix tem um monte de filmes disponíveis. E muitas vezes você pode ter dificuldade de escolher um bom ou interessante. Eu costumo buscar sempre alguns que não estão entre os mais populares. São aqueles que chamo de tesouros escondidos. Só que os erros podem ser catastróficos. Eu estou assistindo duas séries paralelamente. Chambers, que foi cancelada depois da primeira temporada, e Elite, que vai ganhar a segunda temporada em breve. Para alternar, separei dois filmes para ver na Netflix no fim de semana. E achei os dois péssimos. Então, saiba aqui um pouco mais sobre eles, mas fica o aviso! Evite!

The Reconquest

The Reconquest parte de uma premissa interessante. Quinze atrás, antes de se separarem e quando ainda eram adolescentes, Manuela (Itsaso Arana) e Olmo (Francesco Carril), ainda apaixonados um pelo outro, prometeram se reencontrar. O tempo passa e os dois buscam cumprir a promessa que fizeram. Marcam um reencontro e nessa noite coisas inesperadas acontecem. Repare, até o trailer é chato!

É estranho perceber que The Reconquest participou de vários festivais, inclusive San Sebastian e Mar del Plata. Mas o filme tem um estrutura muito estranha. O começo é com o reencontro. Tudo é extremamente lento, desde as primeiras cenas no restaurante, até a volta de Olmo para casa depois da noite com Manuela. A personagem da namorada, Clara (Aura Garrido) é tão compreensiva que chega a ser ridícula. E de repente, do nada, o filme esquece o reencontro, e a segunda parte é toda concentrada no tempo que os dois eram adolescentes. E novamente, cenas longuíssimas. Foi uma dificuldade para chegar até o fim!

Madame Bovary

A história de Emma Bovary é uma das mais famosas da história dos grandes romances trágicos. Escrita por Gustave Flaubert em 1857, conta o drama de Madame Bovary, que se casa com um médico de uma cidade pequena, mas logo fica enfadada com sua vida. É quando ela se envolve com dois outros homens e ainda contrai dívidas para ter um estilo de vida muito diferente do que poderia suportar. Grandes estrelas, como Jennifer Jones ou Isabelle Huppert viveram esse grande personagem no cinemas. Recentemente, Gemma Arterton estrelou uma deliciosa recriação com o filme Gemma Bovery: A Vida Imita a Arte. Então quando vi que na Netflix tinha uma outra versão, de 2014, Madame Bovary, resolvi assistir.

Que desânimo! O problema já começa com o elenco. Ezra Miller como Léon não dá. É impossível acreditar em sua paixão por Emma. E falando nisso, poderia existir uma atriz mais errada para um papel do que Mia Wasikowska como Emma? Não, com certeza, não! E, com isso, o filme sofre tremendamente. Não é possível crer que alguém tão sem sal inspire todas as paixões, e ainda que agirá da maneira descrita no romance. Com isso, você começa até a dar risada de momentos tão improváveis. Fuja, a não ser que você seja masoquista!

Fotos de divulgação

 

 

2 Comentários

2 Comments

  1. evelaara

    3 de novembro de 2021 às 1:20 am

    Ai clbc, que crítica mais rasa e sensacionalista. Acabei de assistir Madame Bovary e achei o filme ótimo! Tanto na interpretação dos atores quanto na representação da época. Cenário, figurino, trilha sonora etc. Certamente esse tipo de filme é só pra quem sente de fato a essência de filmes clássicos, de época e lógico, filmes cults independentes.

    • Eliane Munhoz

      3 de novembro de 2021 às 2:54 pm

      Todos tem o direito a uma opinião, evelaara. Eu achei o filme péssimo, e nem por isso falo para você que gostou para clbc. Vamos aprender a conviver com pensamentos diferentes, né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Streaming

Vincent Cassel e Berenice Bejo estão arrasando no red carpet do Festival de Cannes 2022 promovendo suas novas produções. Mas hoje (25) está estreando...

Séries

O tempo passa e coisas que a gente espera que nunca mais voltem a acontecer, acontecem. Lembro bem de um episódio de Buffy –...

Cinema

Eu adoro ver que Rita Moreno, do alto de seus 90 anos, continua com grande energia para o trabalho. Ela fez uma participação fantástica...

Streaming

A Netflix vem adorando fazer esses filmes-evento. Recentemente teve enorme sucesso ao juntar Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds em Alerta Vermelho. E...

Cinema

Top Gun: Ases Indomáveis, de 1986, é um daqueles filmes que ficaram no coração das pessoas. Nem era tão bom, mas tinha muito estilo....

Você também pode gostar de ler

Streaming

Quando li a sinopse de Toscana, que está na Netflix, logo me lembrei de Um Bom Ano. Pra quem nunca viu, o filme traz...

Streaming

A minha dica especial da semana de cinema é O Peso do Talento, com Nicolas Cage, que está estreando nessa quinta. Surpresa: um filme...

Streaming

Adam Sandler foi um dos primeiros atores a fechar contrato com a Netflix. Desde então fez várias comédias por lá, como o megassucesso Mistério...

Streaming

Todo mundo adora Omar Sy, certo? Ele é ótimo, e seus filmes são sempre interessantes. Então quando li que ele tinha se juntado com...

Streaming

Quando 365 dias estreou, logo no início da pandemia, foi um enorme sucesso. Vinha naquele caminho de soft porn, que de vez em quando...

Streaming

Lembro uma época em que o diretor Jim Jarmusch era “o cara” do momento. Foi nos anos 80, quando fez Estranhos no Paraíso e...

Streaming

Feriado de Páscoa batendo na porta, e em alguns lugares, o frio também. Então, para quem vai ficar em casa nesse feriado prolongado, aqui...

Gossip

Hollywood realmente está mudando. Will Smith é banido do Oscar por 10 anos, Harvey Weinstein é preso. E não é só. Depois de escândalos...