fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Anne Hathaway arrasa no novo Convenção das Bruxas

Você provavelmente já assistiu o filme Convenção das Bruxas, de 1990. Era aquele estrelado por Anjelica Huston, como a rainha das bruxas. Se tornou um clássico da Sessão da Tarde. Agora, 30 anos depois, a clássica história escrita por Roald Dahl, ganhou um remake, que chega hoje (19) nos cinemas. Com Anne Hathaway no papel que foi de Anjelica, o filme diverte, e até pode assustar um pouquinho as crianças mais novas.

O início já começa com uma tragédia. Um garoto perde os pais num acidente, e vai morar com sua avó (Octavia Spencer). Ela já teve uma experiência com bruxas, e quando uma situação com uma delas acontece no mercado, os dois decidem se afastar da cidade. Eles vão para um hotel chique no Alabama. Só que enquanto explora o local, e faz um novo amigo, o pequeno herói descobre que as bruxas estão no hotel. E que tem um plano terrível para acabar com todas as crianças do mundo.

A crítica

Me lembro pouco do filme de 1990. Deu vontade de rever (está disponível na HBOGo). Mas consigo perceber várias diferenças. Esse se passa no Alabama  ( o outro era na Inglaterra). Também tem um final diferente, que é mais próximo do livro de Roald Dahl. Os efeitos especiais, é claro, são melhores. O que eles fazem com o rosto de Anne Hathaway é incrível. É bem possível que consiga uma indicação para efeitos visuais na temporada de premiações. Mas, ambos têm momentos assustadores (especialmente a sequência do menino com as bruxas) , e alguns divertidos.

É perceptível que essa versão de 2020 têm dois diretores premiados, que adoram a parte técnica de fazer cinema. Guillermo Del Toro (A Forma da Água), que pretendia fazer um filme em stop-motion com essa história, é o co-roteirista e produtor. Robert Zemeckis, premiado com o Oscar por Forrest Gump, dirige. Como ele adora efeitos visuais, enche a tela com eles. Algumas vezes são tantos que o filme lembra um desenho animado, tipo Tom e Jerry ou Looney Tunes. Assim, é um filme que pode funcionar para crianças que tem a idade certa para embarcar  nessa aventura.

O filme é narrado pelo pequeno herói  já adulto. Quem faz a voz é Chris Rock, impossível não reconhecer. Convenção das Bruxas ainda tem a participação de Stanley Tucci, reprisando a parceria de O Diabo veste Prada com Anne Hathaway. E falando nela, como está ótima! Divertida, assustadora, num daqueles papéis  que aparecem de vez em quando, e a atriz agarra com unhas e dentes. Impossível tirar os olhos dela!

O problema

O filme estreou nos Estados Unidos no início do mês diretamente no streaming HBO Max (não disponível no Brasil). E enfrentou um problemão nas redes sociais. Isso porque as bruxas do filme não têm alguns dedos dos pés e das mãos. Grupos de pessoas que enfrentam uma doença que tem essas características, chamada ectrodactilia, foram às redes sociais  para reclamar. O ponto deles é que a representação da deficiência ligada à grande vilã da história contribui para o perpetuamento da estigmatização dessa doença.

A Warner, produtora do filme, inclusive soltou um comunicado onde dizia estar muito triste que os personagens de Convenção das Bruxas perturbaram pessoas com deficiências. “Ao adaptar a história original, nós trabalhamos com designers e artistas que sugeriram uma nova interpretação das patas de gato descritas no filme. Nunca foi nossa intenção que os espectadores sentissem que essas criaturas fantásticas e não-humanas tivessem sido feitas para representá-los. O filme é sobre bondade, poder e amizade. Nossa esperança é que famílias e crianças possam aproveitar o filme e abracem seu tema de poder e amor.”

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Notícias

Cinema

Quando saiu a notícia do remake de Chamas da Vingança, muita gente achou que era o filme de Denzel Washington, de 2004. Quando eu...

Streaming

A essa altura do campeonato provavelmente todo mundo já viu. Mas na fila de filmes e séries para assistir, só agora consegui tempo para...

Streaming

Já falei aqui anteriormente sobre a excelente qualidade das séries da Apple TV Plus. Não só da mais conhecida, The Morning Show, mas também...

Streaming

Uma semaninha bem fraca entre os novos lançamentos do streaming. Acho que é a preparação para Obi Wan Kenobi e Stranger Things que chegam...

Cinema

Filmes sobre histórias que envolvem cachorro são naturalmente emocionantes. Especial para quem, como eu, é apaixonada por eles. Dificilmente no fim eu não acabo...

Você também pode gostar de ler

Streaming

A minha dica especial da semana de cinema é O Peso do Talento, com Nicolas Cage, que está estreando nessa quinta. Surpresa: um filme...

Streaming

Colin Firth é um daqueles atores que dá pra gente a certeza de que vale a pena assistir a um filme ou série. Ele...

Streaming

Merlí Sapere Aude é uma série espanhola que meu amigo José Augusto Paulo assistiu na Netflix lá na Europa. Por lá só há uma...

Streaming

Eu confesso que não gosto dos filmes de Venom. Primeiro porque acho Tom Hardy um ator exageradíssimo. E os filmes também  não funcionam, sob...

Streaming

Todo mundo adora um série/filme sobre histórias reais. Gente que realmente existiu, mas que teve uma vida tão extraordinária que parece mais interessante do...

Streaming

Eu adoro uma comédia romântica. Embarco até nas mais tontinhas. Então fiquei entusiasmada quando vi que Nossos Sonhos de Marte (Moonshot) ia estrear ontem...

Premiações

A cerimônia do Oscar foi longa, e sem surpresas entre os premiados. Uma pena! Por alguma razão No Ritmo do Coração encheu os votantes...

Streaming

A Idade Dourada terminou essa semana sua primeira temporada na HBO e HBO Max. Foi um grande prazer de ver. Deve estar presente no...