fbpx

Agora os Trolls chegam ao cinema!

 data-srcset

Quem cresceu entre os anos 70 e os anos 90 com certeza conhece os bonecos Troll, com seus olhos grades e um chumaço de cabelo colorido na cabeça. Eles eram super-populares e sempre foram muito fofos! O que nasceu como boneco, logo se tornou série de TV, vídeo game e até personagem nos três filmes de Toy Story. E agora, com a ideia óbvia de se transformar numa franquia, ganharam um filme só deles, chamado Trolls, que estreia hoje nos cinemas.

O filme transporta o público para um mundo muito fofo e colorido, habitado pelos sempre otimistas Trolls, que andam sempre felizes e cantando, mesmo quando são perseguidos pelos pessimistas e engraçados Berguens, que só são só felizes quando enchem a pança de Trolls.  Depois que os Berguens invadem a Cidade dos Trolls, Poppy , a Troll mais feliz que já existiu, e o único rabugento do grupo, Tronco,  partem em uma viagem para resgatar seus amigos que foram levados.  Será uma missão cheia de aventura e incidentes enquanto essa dupla inusitada tenta aguentar um ao outro por tempo suficiente para que cumpram a tarefa.

O fato de ser muito fofinho ressalta que Trolls é direcionado principalmente para as crianças bem pequenas. Os adultos e principalmente as crianças maiores vão acha-lo muito bobinho. Ainda mais porque canções muito conhecidas do público, como September, Hello e True Colors (só para citar algumas) estão todas dubladas e quase irreconhecíveis. Somente The Sound of Silence (por alguma razão) e Can’t Stop the Feeling, interpretada no final por Justin Timberlake estão no original.

Veja esse vídeo de Can’t Stop the Feeling com a participação do elenco que faz as vozes originais. Além de Justin, Anna Kendrick, James Corden, Gwen Stefani, Kunal Nayyar e outros.

Os produtores são os mesmos de Shrek, e a estrutura da história é quase uma cópia da história do ogro. Mas o que funcionou lá, o apelo ao público adulto e a brincadeira com as histórias de contos de fadas, ficou faltando aqui.

Resultado de imagem para trolls movie

Mas com certeza, isso não vai impedir que o filme seja um enorme sucesso de bilheteria. Há meses o filme vem sendo promovido nos Estados Unidos e mesmo fora. Justin Timberlake e Anna Kendrick, que fazem as vozes originais de Poppy e Tronco, estiveram até no Festival de Cannes, o local mais improvável para falar de um filme como esse. Afinal, só a produção custou 120 milhões de dólares. Com os gastos de marketing  e a ideia de se transformar em franquia, o filme vai ter que fazer uma enorme bilheteria no mundo inteiro. Considerando a quantidade de criancinhas que tem por aí, não será uma tarefa difícil!

No Festival de Cannes

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *