fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

Adeus, Virna Lisi!

Pode ser que hoje em dia poucos se lembrem dela. Mas Virna Lisi, que faleceu hoje (18) aos 78 anos, foi uma das mulheres mais bonitas do cinema. Grande estrela do cinema italiano nos anos 60, teve grandes sucessos como A Tulipa Negra (1964) com Alain Delon, As Bonecas (1965), filme em episódios com Gina Lollobrigida e Monica Vitti, e ainda Casanova 70 (1965), ao lado de Marcello Mastroianni.

Virna e Alain Delon em A Tulipa Negra

Ela teve ainda uma  frustrada tentativa de carreira em Hollywood, onde tentaram promovê-la como uma nova Marilyn Monroe. Lá ela fez dois filmes: Como Matar sua Esposa (1965) com Jack Lemmon, e Com Minha Mulher, não Senhor (1966) ao lado de Tony Curtis. Mas não funcionaram. Ela voltou a Itália onde nunca parou de trabalhar. Mas o apogeu foi ficando para trás conforme a atriz foi envelhecendo.Só que ela se reinventou. E finalmente em 1994, como Catarina de Médicis em A Rainha Margot (1994), ela foi reconhecida como grande atriz mundialmente, ganhando o prêmio de atriz no Festival de Cannes e o César (o Oscar do cinema francês).

Rainha Margot

Ela trabalhou até o fim. Seu último filme, Latin Lover, está programado para ser lançado nos cinemas italianos em março de 2015.

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de ler