fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A mudança provocada por Beasts of No Nation

Muita gente gosta de culpar a Netflix por várias coisas. Alguns dizem que foi a principal causa do fim das videolocadoras (ninguém lembra da pirataria e do download ilegal?), outros dizem que é o principal problema dos canais de TV por assinatura (mas poucos gostam de fazer lançamentos simultâneos…). Uma coisa é certa. O sistema oferece uma alternativa eficiente para o consumo de conteúdo a preços razoáveis. E ainda tem uma atração extra. Seu conteúdo original. Espero impacientemente que outros serviços como Hulu e Amazon (que também investem em programação exclusiva) se sintam atraídos pelo mercado brasileiro. Afinal, há muitos e muitos anos digo que canais e formatos passam, se tornam obsoletos. Mas o conteúdo continua para sempre.

No caso da Netflix, House of Cards, Orange is the New Black, Daredevil e recentemente Narcos, com Wagner Moura, ajudaram a popularizar o serviço. Só que agora eles demonstraram que querem mais. E resolveram investir em conteúdo para o cinema. Beasts of No Nation, drama dirigido por Cary Fukanaga (True Detective) e estrelado por Idris Elba, estreou simultaneamente na Netflix(aqui no Brasil também) e em cinemas dos Estados Unidos. Obviamente boa parte dos donos de cinemas, que não vêem com bons olhos a concorrência de outros formatos, se recusaram a exibir o filme. No final, o filme estreou em apenas 31 salas (se esse número já é pequeno para o Brasil, imagine para os Estados Unidos). Isso resultou em uma bilheteria de pouco mais de 50 mil dólares. Ou seja, nada!

Beasts of No Nation Variety Cary

Idris Elba e o diretor Cary Fukanaga

O objetivo do lançamento no cinema é claro, visa conseguir uma indicação para o Oscar , e por isso precisa ser exibido em salas de cinema do país durante o ano. Já conseguiu fazer parte da seleção de festivais como Toronto e Veneza, entre outros, mas eu acho pouco provável que consiga algo com a tradicional Academia de Hollywood. De qualquer maneira, a Netflix já declarou , segundo a Variety, que está bem feliz com os resultados de  streaming da produção de 6 milhões de dólares. E a gente sabe que o lucro da empresa vem de assinantes atraídos pelo conteúdo e não da venda de ingressos.

O filme é obviamente muito bom, apesar de que essa visão tão real de mundo, cheio de injustiças e violência, realmente não faz meu gênero, me deprime muito. Beasts of No Nation é baseado no livro de sucesso do autor nigeriano Uzodinma Iweala, que narra a história de Agu (Abraham Attah), um soldado infantil, tomado de sua família para lutar na guerra civil de um país africano. Idris Elba interpreta o Comandante, um senhor da guerra que instrui Agu nas artes da guerra.

 

 

1 Comentário

1 Comentário

  1. Eduardo pepe

    19 de outubro de 2015 às 7:56 pm

    Idris Elba é um dos favoritos ao Oscar de coadjuvante! Ele é a grande chance do filme ao que parece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Cinema

Mad Max: Estrada da Fúria foi um grande sucesso de público e crítica quando foi lançado em 2015. Na época, escrevi o seguinte na...

Cinema

É impossível não lembrar de John Wick ao assistir Fúria Primitiva. Afinal, trata-se de um filme sobre vingança , sobre alguém que  desafia os...

Streaming

A gente já viu essa história muitas vezes. O romance improvável entre estudantes ricos e pobres numa escola para milionários. Recentemente Elite fez muito...

Streaming

Houve um tempo em que Renny Harlin dirigiu grandes filmes de ação. É o caso de Risco Total e Duro de Matar 2, por...

Streaming

Eu não conhecia o romance Um Cavalheiro em Moscou. Mas me interessei pela adaptação na série do mesmo nome, que estreou ontem (17) no...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Provavelmente você já ouviu falar da minissérie inglesa Bebê Rena, que está na Netflix. Muita gente tem me perguntado sobre ela nas redes sociais...

Streaming

Sabe aquela situação em que você acompanha filmes e séries que tem uma certa similaridade? Pois foi o que aconteceu com meu amigo José...

Streaming

Há muito tempo, eu assisti o filme clássico francês O Salário do Medo. Dirigido por Henri Georges Clouzot, tinha Yves Montand no papel principal....

Premiações

Neste sábado, dia 24, vai acontecer o SAG Awards 2024. Para quem não sabe, o SAG Awards é o prêmio do Sindicato dos Atores,...

Streaming

Um tipo de história que sempre mexe comigo é a de reencontros com amores do passado. Daquele tipo o que poderia ter sido, mas...

Streaming

Eu estava em busca de um filme curtinho, desses de 1h30. E achei Capitã Nova, uma produção holandesa de ficção-científica, disponível na Netflix. Esses...

Streaming

Eu adoro histórias que se passam dentro de aviões. Aquela situação na qual você não tem onde fugir, dá sempre margem para ótimas histórias....

Streaming

Já falei aqui sobre o número de filmes e, principalmente, séries da Apple TV Plus, que são interessantes. Especialmente, porque mesmo quando são ruins...