fbpx

A Mansão Mágica é bom entretenimento em 3D

 data-srcset

Chegou também neste fim de semana aos cinemas uma atração para as crianças pequenas. O Edu Fernandes assistiu a animação belga A Mansão Mágica e escreveu aqui o que achou. Parece muito fofo!

A Mansão Mágica é bom entretenimento em 3D

Há três tipos de filmes 3D no mercado. Os 3Ds de enrolação só querem cobrar mais pelos ingressos, enquanto nos 3Ds autorais a estereoscopia é uma ferramenta narrativa. A Mansão Mágica (The House of Magic) é um 3D de parque de diversões, nos quais os efeitos da projeção saltam da tela para emocionar a plateia. A animação defende seu grupo muito bem.

A história é sobre o gato abandonado Trovão, que procura abrigo na casa do mágico Leonardo. Ele não é recebido com simpatia por parte do coelho Zeca e da rata Nina. No entanto, a ambição do sobrinho do ilusionista é uma ameaça mais séria do que a rixa entre as mascotes. Daniel quer vender a casa onde seu tio mora, nem que precise apelar para artimanhas sujas para isso.

A Mansão Mágica abusa dos chamados planos subjetivos, quando a câmera assume o lugar dos olhos de algum personagem. Nessas cenas, o espectador é jogado para dentro da ação e vários objetos pulam em sua direção. É por esses momentos e pelo roteiro leve para toda a família que vale a pena investir no ingresso para projeção em 3D.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *