fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A força do diálogo de Entre Mulheres, indicado ao Oscar que chega aos cinemas

Entre Mulheres é a última produção que concorre ao Oscar de melhor filme a estrear por aqui. É um filme pequeno, difícil, teatral. Se concentra nas conversas de mulheres numa comunidade sem acesso a coisa alguma, que discutem seu futuro. São conversas e mais conversas, numa fotografia que beira o preto e branco. Nâo poderia ser mais distante do que a grande maioria do público quer ver. São discussões para decidir um caminho na vida. Tudo muito  distantes daquilo que conhecemos, mas mesmo assim, são muito atuais. A grande maioria provavelmente vai detestar, mas é importante assistir. E seu final é sensacional.

Entre Mulheres se baseia no livro homônimo de Miriam Toews. Este se inspirou em eventos reais ocorridos na colônia de Manitoba, na Bolívia. O filme mostra as mulheres da comunidade religiosa menonita, que lutam para conciliar sua fé com a realidade. Elas descobrem quem são os homens que usam anestésicos para drogar e estuprar mulheres e meninas durante a noite por muitos anos. Resolvem então denunciar estes homens, mas os demais pagam a fiança, demonstrando que elas estão sozinhas em sua revolta. E a coisa fica pior porque é  tradição da comunidade manter a mulher em um estado sem educação, sem escolaridade e analfabetismo. O objetivo é claro: torná-las totalmente subserviente aos membros masculinos da comunidade e às suas necessidades. Mas elas resolvem se juntar para conversar entre mulheres para resolver o que deverão fazer: lutar, fugir ou aceitar as coisas como são.

O que achei?

A diretora Sarah Polley foi a garotinha de As Aventuras do Barão de Munchausen, se alguém se lembra. Já dirigiu alguns filmes, curtas e séries. Sem dúvida, Entre Mulheres é seu trabalho de maior prestígio. E deveria estar entre os candidatos a melhor direção. Além da fotografia, da trilha sonora, do roteiro (vencedor do Critics Choice, e indicado ao Oscar), Sarah consegue atuações brilhantes de seu elenco (foi candidato a SAG Awards de melhor elenco). Todas estão ótimas –  até Rooney Mara (rs)! Mas os destaques ficam mesmo com Jessie Buckley (sensacional) e a veterana Judith Ivey. A gente já sabe também que ela ganharam o prêmio especial Robert Altman do Spirit Awards. Para quem não conhece, esse prêmio é dado para o diretor, elenco, e diretor de elenco. É um prêmio que não tem concorrentes, é inclusive escolhido com antecedência. Elas também ganharam o prêmio especial de elenco do National Board of Review. Ou seja, todo mundo está sensacional.

Entre Mulheres é um drama potente, que impressiona por sua estrutura densa, espartana. É teatral, mas isso não incomoda do ponto de vista cinematográfico. Os diálogos são o mais importante. Os homens só aparecem como sombras ou ao longe. A exceção é o personagem de Ben Whishaw, que é chamado para anotar e escrever as discussões  que as mulheres têm. Ele está ótimo também. No final, o filme discute os desafios que essas mulheres enfrentam quando sua dignidade e seus corpos são ultrajados. E isso é algo que ainda hoje muitas mulheres podem se identificar. Vale conhecer!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Tem muita coisa boa e interessante chegando na Prime Video em março. Filmes que já passaram no cinema, e outras produções originais. Eu separei...

Streaming

A gente tem tanta coisa para assistir no streaming que normalmente fica até meio perdida, não é mesmo? Então, eu separei aqui 6 imperdíveis...

Cinema

Tenho tentado assistir a boa parte dos filmes que estão participando do Oscar ( já vi todos os principais que concorrem a melhor filme)....

Streaming

Já faz um tempo que todo mundo estava esperando para ver o último filme candidato ao Oscar de melhor filme estrear. E agora Ficção...

Cinema

Mais de dois anos depois, a segunda parte de Duna chega aos cinemas nessa quinta. Duna : Parte 2 é mais grandioso, e tem...

Você também pode gostar de ler

Streaming

A gente tem tanta coisa para assistir no streaming que normalmente fica até meio perdida, não é mesmo? Então, eu separei aqui 6 imperdíveis...

Streaming

Já faz um tempo que todo mundo estava esperando para ver o último filme candidato ao Oscar de melhor filme estrear. E agora Ficção...

Cinema

Zona de Interesse concorre a cinco Oscars: melhor filme, som, filme estrangeiro e direção e roteiro (ambos de Jonathan Glazer). No BAFTA, que ocorre...

Cinema

As histórias de amor que mais me comovem são aquelas que partem do princípio do “E se”. Esse nome me veio depois de assistir...

Premiações

E agora chega o momento novamente. Saiu a lista dos indicados ao Oscar 23/24. E, confesso, fiquei muito surpresa com alguns resultados.  Alguns nem...

Séries

É sempre difícil quando uma série que você acompanha há muito tempo termina. Fica uma sensação de vazio de não poder esperar mais por...

Streaming

Todo ano , eu faço uma listinha das melhores coisas (filmes e séries) que assisti na primeira metade do ano. Muitos são filmes do...

Moda

Houve um momento no red carpet do Oscar que pensei que estávamos em 31 de dezembro. Isso porque parecia que todo mundo havia tido...