fbpx
Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cinema

A aventura 47 Ronins diverte e entretém.

Quando começou a ser produzido, 47 Ronins era para ser algo na linha de O Senhor dos Anéis. Uma saga passada numa terra distante com guerreiros que enfrentavam todo o tipo de adversidade para salvar uma determinada terra. Mas se algo deu certo, pois o filme saiu bonito e realmente entretém, algo deu muito errado. Começando pelo resultado de bilheteria nos Estados Unidos: 175 milhões de custo de produção (algumas fontes dizem que pode ter chegado a 250 milhões) para uma receita de 38 milhões. Com isso se tornou o grande fracasso de 2013 para a Universal Pictures, produtora do filme.

Aparentemente, vários fatores influenciaram. Houve problemas entre o diretor, Carl Rinsch e o estúdio que tinham visões diferentes. Um querendo um filme de samurais clássico e o outro querendo um filme de ação com apelo comercial. O roteiro foi reescrito várias vezes. O romance passou a ter importância. Adicionou-se a bruxa (Rinko Kikuchi). O papel de Keanu Reeves foi aumentado para ter mais apelo com o público. Os atores japoneses tinham dificuldade com o inglês. A opção 3D também aumentou o custo. Ou seja, só faltou um furacão atingir o set de filmagens para completar a desgraceira.

Como se trata de uma história muito conhecida no Japão, o estúdio fez a opção de estrear o filme primeiro lá. Mas foi uma decisão errada. A história verdadeira dos 47 Ronins é uma das mais conhecidas da história do Japão. Vários filmes já haviam sido feitos por lá contando essa história de heróis. Aparentemente o povo japonês não gostou das liberdades criativas feitas numa história tão reverenciada por eles e o filme fracassou lá também

Por aqui, a história não é muito conhecida, logo estas mudanças na história não são prejudiciais. O importante é embarcar na história do incidente da cidade de Ako. Após a morte de seu líder, 47 guerreiros (chamados de Ronins, ou samurais em desgraça) sem mestre, retornam em busca de vingança. Seu líder é Oishi, que busca suporte de um homem misterioso, Kai (Keanu Reeves), um mestiço apaixonado pela filha do mestre. Para piorar, ela ainda está prometida para o assassino de seu pai.

Bela fotografia, que lembra filmes como O Clã das Adagas Voadoras e Herói, uma história envolvente, bons efeitos especiais e um excelente elenco de atores japoneses fazem de 47 Ronins uma bela aventura. Keanu Reeves… bem é Keanu Reeves e traz o poder de uma estrela para o filme. Uma boa opção de aventura!

Eliane Munhoz

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Streaming

Hoje é dia de rock, bebê! O cinema já fez várias biografias de grandes nomes do rock. E nesse dia internacional do rock, aqui...

Streaming

Glen Powell é o cara que está em todas. Só nesse ano, teve três filmes super comentados. Todos Menos Você, Assassino por Acaso e...

Cinema

Um de meus filmes favoritos de desastre (um gênero que gosto muito) é Twister, de 1996. Acho que tem um roteiro arrumadinho, que consegue...

Cinema

As comédias românticas encontraram uma casa – e um público fiel – no streaming . Por isso, é interessante – e uma bem-vinda surpresa ...

Cinema

Já começo avisando que Maxxxine é a parte final de uma trilogia. Apesar de ter sido filmado em ordem diferente, cronologicamente ele começa com Pearl(...

Você também pode gostar de ler

Streaming

Há alguns milhões de anos eu assisti a minissérie Shogun, com Richard Chamberlain. Gostei, mas não me marcou, tanto que pouco me lembro dela...

Streaming

Kenau Reeves e Winona Ryder são grandes amigos (tem até aquela história que teriam se casado de verdade numa filmagem). Já fizeram quatro filmes...

Streaming

É, esse mês a lista de estreias da Prime Video está bem fraquinha. Mas eu separei aqui cinco lançamentos que me chamaram a atenção....

Streaming

Pois é, dia de comemorar o São João. Então se você não vai a uma quermesse, e quer um filminho bom para assistir, eu...

Streaming

Desde que estreou diretamente no streaming por aqui, penso em ver Anônimo (disponível na Globoplay). O filme foi muito falado na época de seu...

Cinema

Eu gosto muito dois dois primeiros filmes de John Wick – acho brilhantes, na verdade. A forma como a franquia inclui os mais variados...

Streaming

Como fã dos filmes de John Wick (menos o último, rs), fiquei intrigada quando ouvi falar pela primeira vez da série prelúdio do filme....

Streaming

Eu adoro sentar para ver um filme/série acompanhada de uma taça de vinho e uns queijinhos. É um ritual que gosto de fazer pelo...