fbpx

As atrizes de As Viúvas valem o filme

Provavelmente, pouquíssima gente conhece uma minissérie britânica dos anos 80 chamado As Damas de Ouro. Contava justamente a história de três viúvas que encontram os planos dos maridos mortos para fazer um grande assalto. O diretor Steve McQueen, em seu primeiro trabalho depois do Oscar de 12 Anos de Escravidão, As Viúvas, resolveu mudar a ação para os Estados Unidos. O filme estreia hoje nos cinemas. Num primeiro momento, parecia que seria um dos grandes players da Temporada de Premiações do início do ano que vem. Mas foi perdendo força. Ainda há tempo de conseguir reverter o jogo – conseguiu uma indicação de melhor filme no Satellite Awards – , só que cada vez parece menos provável.

A história que tem roteiro de McQueen e de Gillian Flynn (Garota Exemplar), conta a jornada de quatro mulheres sem nada em comum, exceto uma dívida deixada pelas atividades criminosas de seus maridos mortos. Em meio a um tumulto, as tensões aumentam quando Veronica (Viola Davis), Alice (Elizabeth Debicki), Linda (Michelle Rodriguez) e Belle (Cynthia Erivo)  resolvem fazer um assalto elas mesmas. Só que, é claro, há algumas surpresas.

O filme é longo – 2h9m – e o ritmo se ressente disso. Talvez o roteiro tenha colocado elementos demais. Toda a história política de Colin Farrell e Robert Duvall me parece “a mais” no final. Mas, é claro, há algumas boas reviravoltas, e belas cenas. As minhas favoritas  são as de Viola Davis com seu cachorrinho (não da maneira que você imaginaria), e Elizabeth Debicki, completamente fora dos papéis elegantes que ela costuma fazer no cinema. Elas valem o filme.

O filme ainda tem as participações de Liam Neeson como o marido de Viola, Carrie Coon, como a esposa de um dos ladrões, que não entra no roubo, Jon Berthal, em somente uma cena, como o marido de Alice, e Daniel Kaluuya (de Corra!) como um dos gangsteres. Tente reconhecer também quem é David, o “namorado” de Alice. Lembra do garotinho de A Testemunha? É ele mesmo, Lukas Haas.

No final, achei que o filme poderia ter sido muito melhor. Mas com essas atrizes,na verdade, esse elenco, quem liga? Vale só para ver as atuações.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *