fbpx

As diferenças e semelhanças de Na Próxima, Acerto no Coração

Todos estamos acostumados a ver filmes americanos sobre serial killers. Uns bons, outros bem ruins. Mas agora está em cartaz nos cinemas um filme francês sobre o tema. E é bem diferente de tudo o que você já viu. Na próxima, acerto no coração é baseado em um fato real. Durante vários meses, entre 1978 e 1979, os habitantes da região de Oise, na França, sofriam a ameaça de um maníaco, que tinha como alvos jovens mulheres. Depois de tentar atropelar várias, ele acaba ferindo e matando mulheres que pedem caronas, escolhidas por acaso. O homem está em toda parte e em nenhum lugar, escapando das armadilhas dos investigadores. Logo descobrimos que ele é, na verdade, um tímido policial que leva uma vida banal em sua brigada. Policial modelo, ele é encarregado de investigar os seus próprios crimes, até que as cartas de sua trajetória assassina acabam escapando de suas mãos.

É interessante acompanhar o crescente suspense sobre quando finalmente a polícia irá perceber que o culpado é um deles. Porque o assassino comete vários erros, em sua loucura pessoal. Também tem uma característica de médico e monstro como um homem apegado ao irmão e apaixonado por uma jovem, envolvida em sua própria história-problema. Com isso, o ator (e diretor) francês Guillaume Canet tem uma atuação excelente no papel, que lhe deu uma indicação ao Cesar, o Oscar do cinema francês. O próprio diretor Cedric Anger ressalta a adequação do ator ao papel. “Esse personagem viveu coisas que ele tinha vontade de explorar naquele momento, o lado obsessivo, uma certa nervosidade, uma violência um pouco amarga… etc. Tudo isso combinado com a sua delicadeza enigmática. Não queríamos de maneira alguma um “monstro”, Lamare, o assassino, era muito sedutor, inclusive ninguém entendia porque ele não era casado. Só deu para entender depois… E também tem uma coisa no olhar do Guillaume que cria uma incerteza sobre o que ele pensa.”

Guillaume e o diretor Cedric Anger

Guillaume Canet é um grande astro na França e com certeza um especialista em sedução. Já teve um romance com Carla Bruni, foi casado com Diane Kruger e vive desde 2007 com Marion Cotillard, depois de se conhecerem em 2003, quando atuaram juntos em Amor ou Consequência. Wow! Mas o interessante é que quando assisti Na próxima, acerto no coração, a única coisa que conseguia pensar era como ele se parecia com  o McDreamy Patrick Dempsey. É impressionante. Veja e compare:

 

Existem 1 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *