fbpx

Lost! 10 anos depois, perguntas são respondidas!

Parece que foi ontem. Mas já faz 10 anos este mês que o piloto da série estreou nos Estados Unidos. E que piloto! Na época, foi o mais caro da história mas apresentou de forma definitiva uma história que teria os seguidores mais apaixonados (inclusive esta que aqui escreve!). Ontem, em Hollywood, durante o Paley Fest, a comemoração pela data contou com a participação de vários “náufragos”. Josh Holloway (Sawyer), Yunjin Kim (Sun), Jorge Garcia (Hurley), Ian Somerhalder (Boone), Maggie Grace (Shannon), Henry Ian Cusick (Desmond), e Malcolm David Kelley (Walt – sim, é ele na ponta, eu também quase não o reconheci) além dos produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse. Todos estavam lá  para conversar sobre os melhores momentos e responder às mais variadas perguntas inclusive “mas estavam todos mortos?”

Shannon e Boone juntos novamente.

O moderador já começou o evento pedindo a todos os presente para não fazerem perguntas sobre o desaparecimento do avião da Malaysian Airlines,  nem traçar tipo algum de paralelo com a série. Afinal todo mundo já está falando sobre isso, e mesmo 10 anos depois, Lost está presente na memória de todos. Mas realmente seria de mau gosto.

Ao contrário do que muitos céticos acreditam, Cuse foi  claro confirmando que não estavam todos mortos desde o início. E afirmou que essa teoria foi muito falada por causa dos destroços do avião que apareceram no final. “Queríamos ter alguma imagem que entrasse antes do comercial, então usamos essa do piloto. Isso só fez com que esta teoria tivesse mais força”. Interessante como as pessoas quiseram realmente acreditar nisso…

Sou uma grande admiradora do final de Lost (ao contrário da maioria). E Lindelof e Cuse defenderam a opção que fizeram no final. “Lost era uma metáfora sobre pessoas procurando um sentido para suas vidas.O final tinha que ser espiritual para explicar a jornada e o destino destes personagens!”

Lembram-se quando comemoramos por aqui que Rodrigo Santoro ia entrar na série? E como lamentamos quando o personagem Paulo não funcionou e ele logo foi morto ao lado de Nikki (Kiele Sanchez)? Pois bem,os criadores não gostaram dos personagens desde o início. “Nós sabíamos que tínhamos errado. Mas tínhamos que terminar a história que havíamos começado. Sob a perspectiva da audiência, parecia que estávamos ouvindo suas reclamações, mas nós mesmos já detestávamos os dois”

O certo é que mesmo todo esse tempo depois, a série continua a ser uma das melhores produções já feitas para a TV. O fato é que se não fosse tão interessante, as pessoas nem teriam se dado ao trabalho de discutir, e muito menos bolar teorias mirabolantes. Brilhante e totalmente inesquecível!

 

 

 

Existem 1 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *